Corinthians defende tabu contra o Cerro Porteño em casa

Corinthians defende tabu contra o Cerro Porteño em casa

Por Meu Timão

Corinthians venceu os dois jogos disputados contra o Cerro Porteño em casa

Corinthians venceu os dois jogos disputados contra o Cerro Porteño em casa

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Além de tentar retomar a liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores, o Corinthians entra em campo nesta quarta-feira para manter um tabu: a equipe sempre venceu o Cerro Porteño jogando em casa. Até o momento, foram disputados dois jogos e conquistadas duas vitórias, com direito a goleada.

No primeiro confronto, pela fase de grupos da edição de 1999, o Timão venceu no Pacaembu por 8 a 2. O grande responsável pelo placar elástico foi Fernando Baiano, que balançou as redes cinco vezes e se tornou um dos jogadores que mais marcou com a camisa alvinegra em uma mesma partida. Edilson, Índio e Silvinho também marcaram pelos anfitriões.

Já o segundo duelo foi disputado mais de dez anos depois. No dia 1 de abril de 2010, o clube do Parque São Jorge venceu por 2 a 1, novamente na fase de grupos, com gols de Ronaldo e Chicão.

No histórico geral do confronto entre Corinthians e Cerro Porteño, o time alvinegro leva vantagem, com três vitórias e duas derrotas.

Em 99, depois de golear em casa, o Timão perdeu por 3 a 0 em Assunção. No entanto, em 2010, a vitória no Pacaembu foi conquistada depois de os brasileiros venceram por 1 a 0 no Defensores del Chaco. No último confronto, na quarta-feira passada, os comandados de Tite saíram na frente, mas sofreram a virada e perderam por 3 a 2.

Confira o histórico do confronto:

Corinthians 8 x 2 Cerro Porteño – 10/03/1999 – Pacaembu
Cerro Porteño 3 x 0 Corinthians – 24/03/1999 – Defensores del Chaco
Cerro Porteño 0 x 1 Corinthians – 17/03/2010 – Defensores del Chaco
Corinthians 2 x 1 Cerro Porteño – 01/04/2010 – Pacaembu
Cerro Porteño 3 x 2 Corinthians – 09/03/2016 – Defensores del Chaco

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes