Lateral comenta sobre oscilação de resultados do Corinthians neste início de ano

Em função da saída de seis titulares do hexacampeonato brasileiro na última janela de transferências, o técnico Tite enfrenta um processo de reformulação à frente do Timão
Edilson está no Corinthians desde 2015 e viveu o auge do hexacampeonato brasileiro

Edilson está no Corinthians desde 2015 e viveu o auge do hexacampeonato brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians ainda vive momento de oscilação neste início de temporada. Em função da saída de seis titulares do hexacampeonato brasileiro na última janela de transferências, o técnico Tite enfrenta um processo de reformulação à frente do Timão. As derrotas para Santos e Cerro Porteño seguidas de boas vitórias sobre Botafogo-SP, Cerro e Linense são exemplos.

Em entrevista ao programa Donos da Bola, da TV Bandeirantes, o lateral-direito Edilson falou sobre o momento de "montanha-russa" do Corinthians. O jogador, apesar de admitir cobranças internar por conta dos recentes reveses, disse ver com naturalidade tropeços a essa altura da temporada.

"Sem dúvida que todos que saíram deixaram a gente triste, até pelo grau de amizade que a equipe do ano passado somou aqui. Mas sabíamos que o time campeão sempre é bem visto e isso poderia acontecer", comentou.

"Com relação à formação da equipe, sabíamos que haveria oscilação. Perdemos duas seguidas, e a gente se cobrou bastante. Tite vem pedindo para que não mudemos nosso plano de jogo, nosso esquema do ano passado. Podemos oscilar mais daqui para frente, mas estamos felizes pelos resultados. Não estamos surpresos, porque trabalhos com o intuito de buscar as vitórias, mas estamos em formação e então é normal oscilação", completou.

Para ajudar nessa oscilação de resultados, Edilson entra na vaga de Fagner sempre que solicitado por Tite. Na última partida da equipe, contra o Linense, o lateral inclusive balançou as redes, anotando seu primeiro gol pelo Corinthians.

"Está guardado na memória esse gol. Desde o ano passado vinha procurando fazer um gol pelo Corinthians. Apesar de ser lateral, tento sempre chegar ao ataque e fazer meus golzinhos. Ano passado não tinha conseguido nenhum. Mas foi um momento de muita emoção, de muito êxtase", comentou.

Lateral comenta sobre oscilação de resultados do Corinthians neste início de ano Lateral comenta sobre oscilação de resultados do Corinthians neste início de ano 30

Veja Mais:

  • O Corinthians perde posição mas permanece entre os primeiros do Brasileiro.

    Mesmo com derrota, o Corinthians permanece no G4 do Brasileiro; veja a tabela atualizada

    ver detalhes
  • Balbuena não jogará diante do Sport

    Cristóvão terá de mexer na zaga para próximo jogo do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Chegou a hora de falar a verdade sobre Cristóvão Borges!

    FÓRUM: Chegou a hora de falar a verdade sobre Cristóvão Borges!

    ver detalhes
  • O fim do chapão na prática

    [Roberto Piccelli] O fim do chapão na prática

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes