'Sozinho', Guilherme Arana diz que brincadeiras entre jogadores diminuíram

'Sozinho', Guilherme Arana diz que brincadeiras entre jogadores diminuíram

Por Meu Timão

16 mil visualizações 70 comentários Comunicar erro

Guilherme Arana (à dir.) afirmou 'pegar leve' com zoeiras dentro do elenco após saída de Malcom para a Europa

Guilherme Arana (à dir.) afirmou 'pegar leve' com zoeiras dentro do elenco após saída de Malcom para a Europa

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A transferência do atacante Malcom para o Bordeaux, da França, não trouxe consequências apenas a Tite. Principal responsável pela “zoeira” dentro do elenco do Timão, o lateral-esquerdo Guilherme Arana viu o maior parceiro das brincadeiras dar adeus ao clube. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, o camisa 13 admitiu que as provocações aos atletas veteranos diminuíram.

“Vou falar a verdade. Não tinha apelido, eu não dei nenhum. Malcom graças a Deus foi para outro país (risos). Os caras já queriam me pegar. O Gil, o Jadson... Acho que agora dei uma parada na brincadeira porque fiquei sozinho”, brincou Guilherme Arana, arrancando risadas dos repórteres presentes na sala de imprensa do CT do Corinthians.

Em 2015, Arana ganhou espaço no Corinthians e pôde desfrutar da titularidade ao lado de Malcom, um dos seus principais companheiros nas categorias de base do clube. A dupla de amigos, aliás, terminou a temporada em alta, erguendo o troféu do Campeonato Brasileiro. Sem Malcom, o lateral-esquerdo de 18 anos tentou encontrar outro “fiel escudeiro”, sem sucesso.

“Chamo o Claudinho e ele tem medo, Maycon tem medo. Deixa eu ficar mais tranquilo com a rapaziada”, concluiu Arana, que foi escalado no Corinthians que enfrenta a Ponte Preta nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), na Arena, em duelo válido pela 13ª rodada do Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Gustavo Silva foi apresentado oficialmente nesta terça-feira

    Com pedido por mudança de apelido, Corinthians apresenta Gustavo Silva no CT

    ver detalhes
  • Time de Jair Ventura troca muitos passes, mas não consegue criar oportunidades

    Muitos passes, poucas finalizações: números evidenciam falta de criatividade do Corinthians

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez bancou Jair Ventura para a temporada 2019

    Andrés garante Jair Ventura em 2019, mas admite preocupação com situação do Corinthians

    ver detalhes
  • Fessin está no Corinthians há quatro meses e já é um dos destaques do Sub-20

    Aparelhos eletrônicos são motivação curiosa de Fessin em início goleador no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes