Após dois anos, Tite volta ao Pacaembu e relembra conquistas no estádio

8.6 mil visualizações 32 comentários

Por Meu Timão

Na última vez que pisou no Pacaembu, em novembro de 2013, Tite se despediu do Corinthians após sua segunda passagem pelo clube

Na última vez que pisou no Pacaembu, em novembro de 2013, Tite se despediu do Corinthians após sua segunda passagem pelo clube

Daniel Augusto/Ag. Corinthians

Tite voltou ao Pacaembu nesta sexta-feira para comandar o penúltimo treino do Corinthians antes do clássico contra o Palmeiras. De volta à antiga "casa" do Timão, o técnico disse que voltar ao estádio o fez relembrar momentos marcantes que vivenciou naquele local.

"Primeiro que quando nós chegamos lembrei de três momentos: Quando estávamos chegando de ônibus, lembrei do jogo do Santos, na Libertadores. Estava escuro, os torcedores não sabiam que éramos nós, não tinha o símbolo e os torcedores hostilizaram pensando que fossemos o Santos. Aí o Roberto disse ‘acende a luz para mostrar que somos nós’", disse Tite, citando a chegada da delegação alvinegra no segundo jogo da semifinal contra o Santos, antes de já citar a decisão do torneio.

"Quando entrei, a sensação inevitável da final da Libertadores", acrescentou. Depois de empatar com o Santos e garantir sua vaga na decisão, o Corinthians foi à Bombonera e empatou por 1 a 1 contra o Boca Juniors. No duelo decisivo, uma vitória por 2 a 0 no Pacaembu garantiu ao Timão o título inédito do torneio, garantindo que Tite e aquele time ganhassem um lugar importante na história do clube.

"Na entrada do túnel veio a lembrança do Brasileiro, que tenho uma emoção particular devido ao meu pai", concluiu. Tite se referiu à conquista do Campeonato Brasileiro de 2011 e a Genor Bachi, seu pai, que falaceu em 2009. O título foi confirmado após um empate com o Palmeiras, justamente no Pacaembu, no dia 4 de dezembro.

A última vez que o Corinthians jogou no Pacaembu também foi contra o Palmeiras, no empate por 1 a 1, no dia 25 de outubro de 2014. No entanto, para Tite o tempo longe do estádio é ainda maior.

Enquanto o duelo de 2014 foi disputado sob o comando de Mano Menezes, o atual comandante corinthiano disputou sua última partida no estádio no dia 30 de novembro de 2011, no empate por 0 a 0 contra o Internacional - jogo que ficou marcado pela emocionante despedida do técnico após sua segunda passagem pelo Timão.

Veja Mais:

  • Cássio no treinamento deste sábado no CT Dr. Joaquim Grava

    Cássio tenta encerrar maior sequência de jogos sendo vazado no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians vem sendo alvo de inúmeros processos trabalhistas; condenação na ação de ex-controller é mais uma dor de cabeça

    Corinthians é condenado em ação de ex-controller de Dualib; advogado pede bloqueio do naming rights

    ver detalhes
  • Mário Gobbi Filho e Paulo Garcia devem se unir para disputar a eleição presidencial contra Duílio Monteiro Alves, Augusto Mello e Ricardo Martitan

    Eleição no Corinthians: coalizão entre Mário Gobbi e Paulo Garcia é encaminhada após reuniões

    ver detalhes
  • Dyego Coelho comandou o treinamento deste sábado no CT Joaquim Grava

    Coelho manda indireta sobre o Corinthians: 'Ser comandante não é ser dono do CT ou do clube'

    ver detalhes
  • Corinthians se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento

    Corinthians fecha rodada a um ponto da zona de rebaixamento; time só ganhou de quem está atrás

    ver detalhes
  • Corinthians tenta compensação do Governo para seguir vendendo a meia-entrada na Arena

    Corinthians tenta acabar com a obrigatoriedade de meia-entrada nos jogos como mandante

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: