Após dois anos, Tite volta ao Pacaembu e relembra conquistas no estádio

8.6 mil visualizações 32 comentários

Por Meu Timão

Na última vez que pisou no Pacaembu, em novembro de 2013, Tite se despediu do Corinthians após sua segunda passagem pelo clube

Na última vez que pisou no Pacaembu, em novembro de 2013, Tite se despediu do Corinthians após sua segunda passagem pelo clube

Daniel Augusto/Ag. Corinthians

Tite voltou ao Pacaembu nesta sexta-feira para comandar o penúltimo treino do Corinthians antes do clássico contra o Palmeiras. De volta à antiga "casa" do Timão, o técnico disse que voltar ao estádio o fez relembrar momentos marcantes que vivenciou naquele local.

"Primeiro que quando nós chegamos lembrei de três momentos: Quando estávamos chegando de ônibus, lembrei do jogo do Santos, na Libertadores. Estava escuro, os torcedores não sabiam que éramos nós, não tinha o símbolo e os torcedores hostilizaram pensando que fossemos o Santos. Aí o Roberto disse ‘acende a luz para mostrar que somos nós’", disse Tite, citando a chegada da delegação alvinegra no segundo jogo da semifinal contra o Santos, antes de já citar a decisão do torneio.

"Quando entrei, a sensação inevitável da final da Libertadores", acrescentou. Depois de empatar com o Santos e garantir sua vaga na decisão, o Corinthians foi à Bombonera e empatou por 1 a 1 contra o Boca Juniors. No duelo decisivo, uma vitória por 2 a 0 no Pacaembu garantiu ao Timão o título inédito do torneio, garantindo que Tite e aquele time ganhassem um lugar importante na história do clube.

"Na entrada do túnel veio a lembrança do Brasileiro, que tenho uma emoção particular devido ao meu pai", concluiu. Tite se referiu à conquista do Campeonato Brasileiro de 2011 e a Genor Bachi, seu pai, que falaceu em 2009. O título foi confirmado após um empate com o Palmeiras, justamente no Pacaembu, no dia 4 de dezembro.

A última vez que o Corinthians jogou no Pacaembu também foi contra o Palmeiras, no empate por 1 a 1, no dia 25 de outubro de 2014. No entanto, para Tite o tempo longe do estádio é ainda maior.

Enquanto o duelo de 2014 foi disputado sob o comando de Mano Menezes, o atual comandante corinthiano disputou sua última partida no estádio no dia 30 de novembro de 2011, no empate por 0 a 0 contra o Internacional - jogo que ficou marcado pela emocionante despedida do técnico após sua segunda passagem pelo Timão.

Veja Mais:

  • Pressão sobre Sylvinho cresceu depois da derrota do Corinthians para o São Paulo, na última segunda-feira

    Duilio banca permanência de Sylvinho mesmo em caso de derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Camisa 11 do Corinthians esteve presente em todo o treinamento desta quinta-feira

    Corinthians tem volta de Renato Augusto e Giuliano em treino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians bateu a Ferroviária por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal do Paulistão Feminino

    Corinthians explica motivo de mandar semifinal do Paulistão Feminino na Arena Barueri; veja nota

    ver detalhes
  • Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    [Andrew Sousa] Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    ver detalhes
  • Prefeitura de São Paulo cobra mais de R$ 15 milhões de IPTU do Corinthians referente aos anos de 2016 e 2017

    Corinthians tem pedido contra cobrança de R$15,4 milhões de IPTU negado pela Justiça

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira tem contrato com o Timão até o dia 31 de março e, como reza a legislação esportiva, já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube do mundo

    Renovação de Gabriel Pereira com o Corinthians segue uma incógnita

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x