Se honrar contrato até o fim, Caixa será segundo maior patrocínio da história do Timão

Se honrar contrato até o fim, Caixa será segundo maior patrocínio da história do Timão

Gustavo Herbetta, do marketing alvinero, mostra a camisa do Corinthians

Gustavo Herbetta, do marketing alvinero, mostra a camisa do Corinthians

Foto: Divulgação / Corinthians

O anúncio da renovação de patrocínio da Caixa com o Corinthians por um ano pode significar a quebra de uma marca para no clube do Parque São Jorge. Isso porque, se o acordo de doze meses for honrado até o fim, o banco estatal se tornará o segundo maior patrocinador da história do Timão.

A Caixa iniciou parceria com o Corinthians no fim de 2012, de olho na exposição que teria com a participação do clube no Mundial de Clubes da Fifa, no Japão. O título do torneio internacional empolgou o banco, que foi assinando novos vínculos com o Timão nos anos seguintes.

Se iniciar o ano de 2017 estampada no peito da camisa do Corinthians, a Caixa será parceira do clube por seis temporadas seguidas, ultrapassando a Pespi, que patrocinou o Timão por cinco anos, de 2000 a 2004. A líder no ranking é a Kalunga, que teve sua logomarca em destaque no uniforme alvinegro por dez temporadas, de 1985 a 1994.

Veja abaixo os cinco maiores patrocinadores do Corinthians

Kalunga (dez temporadas): 1985-94
Caixa (seis temporadas): 2012-17
Pepsi (cinco temporadas): 2000-04
Samsung (três temporadas): 2005-07
Batavo (três temporadas): 1999-00 e 2009

Veja Mais:

  • Com Guilherme no meio, Timão tenta conquistar primeira vitória em clássicos em 2017

    Corinthians encara rival São Paulo em decisão da Florida Cup

    ver detalhes
  • Arena Corinthians receberá a Ferroviária (dia 1/2), quarta, 21h45, por imposição da FPF

    Sem Peñarol! Diretoria do Timão pessimista em relação a amistoso no fim de semana

    ver detalhes
  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes