Corinthians x Nacional: jornalista uruguaio aponta favorito e revela pontos forte e fraco do adversário

Corinthians x Nacional: jornalista uruguaio aponta favorito e revela pontos forte e fraco do adversário

75 mil visualizações 87 comentários Comunicar erro

Torcida do Nacional é conhecida por fazer belas festas, seja no Centenário ou no Parque Central

Torcida do Nacional é conhecida por fazer belas festas, seja no Centenário ou no Parque Central

Reprodução/Instagram

O Corinthians conheceu, na noite dessa quinta-feira, seu rival das oitavas de final da Libertadores: o Nacional, do Uruguai. Algoz do Palmeiras na fase de grupos e uma das duas mais tradicionais do país vizinho ao Brasil, a equipe tricolor pode até não ser favorita diante do Timão, mas tem potencial para aprontar e tentar seguir vivo no sonho de reconquistar a América 28 anos após o levantar a última de suas três taças.

Em entrevista concedida ao Meu Timão, o jornalista esportivo uruguaio Alejandro Etcheverry apontou o Corinthians como candidato natural a passar à fase de quartas de final. O favoritismo da equipe alvinegra na visão da imprensa local se deve ao trabalho de Tite e consequentemente ao compacto esquema 4-1-4-1 utilizado há mais de um ano pelo técnico.

"Em princípio, Corinthians é o favorito. Tem um grande treinador como Tite, que sabe tirar o máximo potencial de seus jogadores. É uma equipe bem trabalhada taticamente, com um bom trabalho defensivo e que também é capaz de chegar com a bola dominada muito rapidamente no ataque", discorreu Etcheverry, se referindo ao time dono da terceira melhor campanha geral da fase de grupos da Libertadores.

Outro fator que dá força ao Corinthians diante do Nacional é o recente retrospecto da equipe atuando em Itaquera. Nos 12 jogos realizados em 2016 na Arena, o Timão venceu os 12, anotando 29 gols e levando apenas dois tentos (números superiores aos das 20 melhores equipes da Europa). Ainda assim, o jornalista uruguaio apostou num caminho para a equipe de Montevidéu sair do estádio alvinegro com a vaga no próximo dia 4 de maio.

"Jogando em casa, Corinthians cresce muito com a ajuda da torcida. É uma equipe complicada de derrotar. Mas se o Nacional vencer em casa sem tomar gol do Corinthians, terá grandes chances de se classificar, porque joga melhor como visitante e geralmente anota gols", analisou.

A pedido do Meu Timão, Etcheverry apontou pontos fracos e fortes do Nacional na atual temporada. Se por um lado o ataque consegue dar conta do recado lá na frente, a defesa ainda dá dor de cabeça para o técnico Gustavo Munúa. Na fase de grupos, foram seis gols a favor e os mesmos seis contra.

"Os pontos fracos do Nacional se encontram na defesa, que por punições, doenças ou lesões não tem jogado como titular regularmente. Apesar disso, vale ressaltar que aqueles que entraram têm correspondido muito bem", apontou.

"O ponto forte do Nacional se encontra do meio de campo para o ataque, com jogadores que tem bom toque de bola, são rápidos e incisivos. Nicolas López e Kevin Ramirez são decisivos", completou.



Por fim, o jornalista destacou a situação do Nacional no que diz respeito ao calendário da bola. Ao mesmo tempo em que entra na fase de mata-mata da Libertadores, ocupa a segunda posição do Clausura (espécie de segundo turno do Campeonato Uruguaio). Como o Peñarol venceu o Apertura, os tricolores se veem pressionados a assumirem a liderança, conquistarem o torneio e assim disputarem as finais nacionais contra o arquirrival.

"Nacional está focado nos dois torneios. No âmbito local, precisa ganhar o Clausura para chegar às finais do Campeonato Uruguaio; na Libertadores, tem o sonho de voltar a ser campeão, algo que não acontece desde 1988."

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Boa parte da grana deixada pelo torcedor na Arena Corinthians não vai para o Fundo

    Despesas levam R$ 15,5 mi da bilheteria do Corinthians em 2018; veja levantamento do Meu Timão

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deposita altas doses de esperança no retorno de Carille

    Torcida do Corinthians coloca retorno do Carille no topo dos assuntos mais comentados do Brasil

    ver detalhes
  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes