Corinthians repete feito de 2012 e aumenta lista de coincidências rumo ao bi da Libertadores

Corinthians repete feito de 2012 e aumenta lista de coincidências rumo ao bi da Libertadores

Por Meu Timão

Corinthians empatou em 0 a 0 com Emelec em 2012

Corinthians empatou em 0 a 0 com Emelec em 2012

Foto: Daniel Augusto Jr.

O primeiro semestre da atual temporada segue repetindo uma série de coincidências que remetem à campanha vitoriosa da Libertadores de 2012. A exemplo do que aconteceu há quatro anos, o Timão empatou em 0 a 0 diante do Nacional na última quarta-feira, em Montevidéu, no Uruguai, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição sul-americana.

No ano da histórica conquista da América pelo Corinthians, a equipe de Tite havia sido colocada frente a frente com o Emelec. Por ter feito uma campanha melhor na fase de grupos, o Timão fez o primeiro jogo fora de casa, em Guaiaquil. O resultado foi um 0 a 0 chorado, com direito até a expulsão do então corinthiano Jorge Henrique. No duelo de volta, vitória por 3 a 0 no Pacaembu.

Essa é apenas uma das coincidências que vêm marcando o primeiro semestre do Corinthians em 2016. Assim como aconteceu em 2012 com o Deportivo Táchira, o Corinthians agora goleou o Cobresal por 6 a 0, em casa, na última rodada da fase de grupos da Libertadores.

Paralelamente à competição sul-americana, o Timão foi eliminado precocemente do Campeonato Paulista tanto em 2012 quanto em 2016. Há quatro anos o algoz foi a Ponte Preta, nas quartas de final; na semana passada foi a vez de a equipe alvinegra ser surpreendida pelo Audax, na fase semifinal.

"(...) O legal é que na caminhada para ser campeão de 2012 conseguimos um empate, ficamos com um jogador a menos, mas conseguimos o empate e depois conseguimos uma grande vitória", destacou o goleiro Cássio após a partida contra o Nacional.

Vale ainda lembrar que Cássio viveu uma espécie de transformação no Corinthians após a partida contra o Emelec. Foi ali que ele se tornou titular do Timão, após Júlio César falhar na eliminação para a Ponte Preta no Estadual. A partir de então, o camisa 12 tornou-se protagonista da equipe na fase de mata-mata daquela Libertadores.

Veja Mais:

  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes
  • Jô está de férias e só volta ao CT Joaquim Grava em janeiro

    Jô é liberado pelo Corinthians para férias e não aparece no CT nesta sexta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes