Há exatos sete anos, Corinthians conquistava título invicto do Paulista

Há exatos sete anos, Corinthians conquistava título invicto do Paulista

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 48 comentários Comunicar erro

Ronaldo, na partida diante do São Paulo, marcando o segundo gol do Corinthians

Ronaldo, na partida diante do São Paulo, marcando o segundo gol do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

A temporada de 2009, certamente, ficará marcada para sempre na memória dos corinthianos. Na ocasião, o Timão vinha de um acesso à Série do Campeonato Brasileiro, que havia conquistado no ano anterior e a torcida lidava com diversas incertezas à que maneira se desenharia o rendimento do Corinthians. Foi justamente dessa forma, que no dia 3 de maio de 2009, pela 26ª vez, o título do Campeonato Paulista acabou no Parque São Jorge.

Com a contratação do Ronaldo, atacante pentacampeão mundial, as expectativas dos torcedores no início da temporada não poderiam ser melhores. O fenômeno, rapidamente dominou o elenco e fortaleceu a união entre os atletas em prol da conquista de título. Não poderia ser diferente, afinal, o camisa 9 sempre buscou conquistas por onde passou.

A equipe, que também contava com as boas fases de Elias, André Santos e Chicão, conseguiu a incrível marca de 10 vitórias e 9 empates na primeira etapa da competição estadual, terminando com a terceira melhor campanha entre os 20 participantes.

Na fase semifinal, o adversário foi o São Paulo. Em um primeiro encontro entre os clubes, no Pacaembu, Elias e Cristian foram os responsáveis pelo triunfo do Timão por 2 a 1. No jogo de volta, realizado no Morumbi, a estrela do fenômeno brilhou. Douglas abriu o placar para o Corinthians e, Ronaldo, em uma arrancada incrível, fechou o placar, garantindo a participação na grande final do torneio.

Com o Santos definido como o adversário pelo título, o Corinthians foi à Vila Belmiro, no jogo de ida da decisão. Chicão abriu o caminho para a vitória e, Ronaldo, mais uma vez, fez valer seu poder decisivo. O camisa 9 marcou duas vezes e foi o grande destaque da vitória por 3 a 1. Em um de seus gols, o fenômeno encobriu Fábio Costa e eternizou seu feito antológico no estádio. No segundo e decisivo encontro entre as equipes, o lateral esquerdo André Santos balançou as redes e deu números finais no empate em 1 a 1, que culminou na conquista corinthiana.

A campanha invicta, feito que o Corinthians não conseguia desde 1972, marcou o início da redenção corinthiana. A reconstrução na equipe pôde ser vista no forte elenco montado, que naquele mesmo ano, meses depois, sagrou-se Campeão da Copa do Brasil. Além do começo de uma nova era para os corinthianos, a conquista teve um gosto especial para Ronaldo, que superou as dificuldades encontradas e conseguiu ter um papel de craque no elenco comandado pelo técnico Mano Menezes.

Veja Mais:

  • Sidcley foi ao CT Joaquim Grava nesta quinta-feira

    Lateral do Atlético-PR é aprovado em exames médicos no CT do Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf deve ser um dos inscritos ainda na primeira fase do Paulista

    Quatro reforços e duas vagas: Corinthians deixará dois nomes fora da primeira fase do Paulistão

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar a casa corinthiana no primeiro Dérbi de 2018

    Torcida do Corinthians garante quase 40 mil ingressos para Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Romão e Carlinhos foram emprestados pelo Corinthians

    Corinthians empresta Carlinhos e Guilherme Romão para o Oeste

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes