Corinthians passa rival e tem maior retorno de marca do Brasil

22 mil visualizações 111 comentários

Por Meu Timão

Patrocinadores do Corinthians foram os que mais lucraram em 2015, quando o time ergueu a taça de campeão nacional

Patrocinadores do Corinthians foram os que mais lucraram em 2015, quando o time ergueu a taça de campeão nacional

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Se a fase do Corinthians dentro de campo não é lá das melhores, fora dele o clube tem muito a comemorar. No ano em que conquistou o hexacampeonato brasileiro, o Timão foi a equipe nacional a qual deu maior retorno de mídia aos seus patrocinadores, de acordo com estudo realizado pelo Ibope Repucom e divulgado pela Máquina do Esporte.

Somente em 2015, o time alvinegro foi exposto por 686 horas na televisão e garantiu retorno de R$ 2,9 bilhões aos seus parceiros. Os números atingidos pelo clube do Parque São Jorge superam os do Flamengo, líder no quesito ao longo das últimas temporadas.

Tomando como base o retorno de alta qualidade (quando a marca é exibida por tempo superior a três segundos), o Corinthians gerou R$ 797 milhões, quase R$ 200 milhões a mais ao obtido em 2014 (R$ 601 milhões).

A vantagem do Corinthians em relação aos demais times brasileiros também ficou em evidência no que diz respeito às transmissões. Ao todo, 161 milhões de pessoas assistiram aos jogos da equipe paulista durante o período. Foram 68 embates do Timão exibidos para o estado de São Paulo no sinal aberto pelas emissoras Globo e Band.

Curiosamente, a exposição das marcas nos backdrops (painéis digitais colocados atrás de entrevistados) teve retorno superior ao assegurado com patrocínio máster. Os “anúncios” geraram R$ 247 milhões, enquanto a estampa da Caixa Econômica Federal nas costas e no peito do uniforme corinthiano acarretou em R$ 195 milhões.

O Ibope Repucom não divulgou os dados que envolvem outras agremiações. Ainda segundo o instituto, a vantagem do Timão se deve a dois fatores: a valorização com a conquista do Brasileirão 2015 e a representatividade do estado na tabela comercial das emissoras. A efeito de comparação, ter sua marca exposta em transmissões paulistas é mais caro que em cariocas.

Cabe mais! – Em abril, o Corinthians anunciou a renovação de contrato de patrocínio com a Caixa. O novo vínculo de um ano com o banco estatal renderá R$ 30 milhões aos cofres alvinegros. Somando os demais acordos comerciais já fechados, a camisa do Timão ultrapassa os R$ 40 milhões anuais. Atualmente, Winnerplay, Special Dog e Tim têm suas marcas expostas no manto corinthiano.

Veja Mais:

  • A MarjoSports ocupava as mangas da camisa alvinegra desde 2019

    Corinthians anuncia rescisão com um de seus patrocinadores por conta da paralisação

    ver detalhes
  • Giovanny em ação na final da Copa do Brasil Sub-17, diante do Palmeiras, no Pacaembu, em novembro de 2017

    Chega ao fim contrato de atacante que não atuou pelo Corinthians por quase três anos

    ver detalhes
  • Corinthians fez vídeo para se posicionar contra o racismo

    Vidas negras importam: Corinthians destaca ídolos e vítimas recentes em vídeo contra o racismo

    ver detalhes
  • Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    VÍDEO: Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    ver detalhes
  • Gabriel fez o que poucos corinthianos (e brasileiros) fizeram

    [Vitor Chicarolli] Gabriel fez o que poucos corinthianos (e brasileiros) fizeram

    ver detalhes
  • Conflito entre policiais e grupo pró-democracia marcam domingo na Avenida Paulista

    PM explica uso de bombas para dispersar grupo onde protestavam corinthianos na Paulista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: