Presidente descarta Mano e comenta prováveis candidatos para o lugar de Tite

179 mil visualizações 231 comentários

Por Meu Timão

Roberto de Andrade descartou Mano Menezes

Roberto de Andrade descartou Mano Menezes

Agência Corinthians

A coletiva de imprensa do presidente Roberto de Andrade foi movimentada. Depois de anunciar a saída do técnico Tite, o mandatário foi bombardeado de questões sobre o futuro treinador do Timão.

"Não deu nem tempo de procurar. Para ser bem honesto, fui a primeira pessoa que Tite comunicou, há duas horas. Nem pensei nisso. Eu achava que ele não iria, mas fui surpreendido com a notícia de que ele irá. Não pensei em nomes, vou pensar a partir de agora", declarou Roberto, no início da coletiva.

"Recebi a notícia há duas horas, queremos o melhor possível. Vamos traçar um perfil e tentar trazer alguém. O Corinthians é grande, se deixar faz fila aqui na frente", completou, confiante.

Para a partida desta quinta-feira, contra o Fluminense, quem comanda a equipe é Fábio Carille, que era auxiliar técnico de Tite. A ideia é já ter um novo no próximo jogo, domingo, contra o Botafogo.

"Vamos começar a trabalhar já. Corinthians não dá tempo de esperar nada. Se puder, domingo quero um treinador novo. Como não tenho um nome pra poder adiantar, vamos começar a fazer isso a partir de hoje", afirmou.

Sobre as opções, Roberto preferiu não dar muitos detalhes. Apenas um nome está completamente vetado: Mano Menezes.

"Mano Menezes não vem trabalhar comigo aqui, não quero, não é o perfil que eu gosto. Respeito o Mano, foi vencedor no Corinthians, mas quero novidade, quero outras coisas", declarou.

O presidente ainda falou sobre sua "simpatia" com Eduardo Baptista.

"Simpatizo com um monte de gente, um monte de gente eu tenho a simpatia. Também, um monte deles. Como eu disse, não deu tempo de pensar. Ainda estou mastigando a notícia. Quero pôr a cabeça no lugar. Vocês conhecem o perfil do Corinthians, não é de estar alternando"

E finalizou falando sobre Fernando Diniz e a possibilidade de um técnico de fora do Brasil.

"Não é a língua que vai definir, tudo pode. Vamos trazer por competência", afirmou.

"Fernando Diniz é um grande nome também, vamos avaliar. Não tenho medo, é um treinador como outro qualquer. Se ninguém der oportunidade a um treinador jovem, como será?", finalizou.

Veja Mais:

  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes
  • Camacho em ação contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro do ano passado

    CBF define data e horário para a terceira fase da Copa do Brasil; Corinthians encara o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Fábio Carille não esconde incômodo com declaração de Andrés Sanchez

    Carille diz que ficou 'muito chateado' com declaração de Andrés Sanchez: 'Não falo mais com ele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x