Ídolos do Corinthians e ex-colegas apostam em sucesso do novo técnico do Timão

Ídolos do Corinthians e ex-colegas apostam em sucesso do novo técnico do Timão

Por Meu Timão

Cristóvão começou a treinar o Corinthians nessa segunda-feira

Cristóvão começou a treinar o Corinthians nessa segunda-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

A contratação de Cristóvão Borges para o lugar deixado por Tite no Corinthians gerou (e ainda gera) muita dúvida em boa parte da torcida alvinegra. Ainda assim, o técnico ganhou respaldo de peso de ídolos do Timão.

Em entrevistas concedidas ao jornal Folha de S. Paulo e publicadas nesta terça-feira, Zenon e Biro-Biro mostraram-se otimistas em relação ao trabalho que Cristóvão fará à frente do Corinthians.

Zenon, ex-meia que defendeu o Corinthians de 1981 a 1985, vê o currículo de Cristóvão como credencial importante. Mesmo sem títulos na carreira de treinador, ele passou por clubes como Vasco, Fluminense, Bahia, Flamengo e Atlético-PR.

"Ele já foi treinador de vários clubes importantes, não deve nada a ninguém. O Cristóvão tem muito conhecimento de futebol, possui todas as ferramentas para dar certo", disse Zenon, que foi colega de equipe de Cristóvão no Guarani em 1989.

Já Biro-Biro, que jogou ao lado de Cristóvão em 1986 e 1987, aposta na continuidade do trabalho de Tite como trunfo para o novo treinador brilhar no Corinthians. Em sua apresentação, nessa segunda-feira, o comandante alvinegro sinalizou que pretende manter o esquema que vinha sendo usado pelo hoje técnico da Seleção Brasileira.

"É só ele pegar a ponta da linha deixada pelo Tite e seguir em frente", comentou o ex-curinga do Corinthians, que jogou em praticamente todas as posições de linha.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes