Pedro Henrique fala sobre erro e agradece carinho da Fiel

Pedro Henrique fala sobre erro e agradece carinho da Fiel

Por Meu Timão

Pedro Henrique foi promovido aos profissionais em 2015

Pedro Henrique foi promovido aos profissionais em 2015

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O zagueiro Pedro Henrique falou pela primeira vez a respeito do erro cometido por ele na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, na noite de quarta-feira, no Mineirão. Dono da falha que culminou no gol do atacante equatoriano Cazares, o jovem defensor do Timão ressaltou o carinho dos torcedores alvinegros após o apito final.

“A torcida compreendeu da melhor maneira possível, viu que eu não quis errar, fui tentar um recuo para o Cássio e infelizmente errei. Agora é bola para frente, de cabeça erguida, para conseguirmos uma vitória no sábado”, afirmou Pedro Henrique, em entrevista à Rádio Globo.

Pedro Henrique foi titular pela quarta vez no Corinthians. Aos 37min do segundo tempo, o prematuro beque falhou ao recuar a bola para o goleiro Cássio, que viu o atacante do Atlético-MG ser mais rápido, se desvencilhar da marcação e anotar o segundo gol dos mandantes. Ao deixar o gramado, o camisa 34 não conseguiu segurar as lágrimas.

“O choro foi porque estou desde os 15 anos no clube, aprendi a gostar do Corinthians. Quando a gente erra daquela maneira, é normal ter aquela tristeza, aquele sentimento de que podia fazer melhor, dar um recuo melhor para o Cássio. Agora vou levantar a cabeça, trabalhar, melhorar o que tem de melhorar e pensar em vitórias e conquistas”, acrescentou.

O episódio ganhou a atenção de Cristóvão Borges, que fez sua estreia no comando técnico do Timão. Em entrevista coletiva, o treinador saiu em defesa do zagueiro de 20 anos e disse ter conversado com ele logo depois do fim da partida. “Cristóvão falou que tenho um futuro brilhante, disse para continuar trabalhando e não se abalar, porque sábado tem mais uma batalha”, frisou, recordando o apoio que recebeu até de jogadores do Atlético-MG.

“Dentro da partida, meus companheiros me apoiaram da melhor maneira possível, até Robinho, Fred, Dátolo, Cazares... Todos deram apoio também. O Dátolo falou para eu ficar tranquilo porque estou tranquilo, o Fred da mesma maneira, falou que tenho potencial enorme e que devo continuar nessa caminhada. Tem também de exaltar o apoio da torcida, que está mandando mensagens de carinho e me dando força para ser um grande zagueiro, como quero ser. Temos de esquecer o que passou”, finalizou.

Com a derrota em Belo Horizonte, o Corinthians deixou o G4 e passou para a sexta colocação do Brasileirão. A equipe do Parque São Jorge terá a sexta-feira para se preparar para o confronto com o Santa Cruz, sábado, às 21h (de Brasília), na Arena. Segundo o repórter Marco Bello, colunista do Meu Timão, vem mudança por aí.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Craque do futsal do Corinthians, Leandro Lino deve jogar pelo Sorocaba em 2017

    Quatro campeões do Corinthians recebem proposta do Sorocaba e devem 'virar casaca' em 2017

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes