Pedro Henrique fala sobre erro e agradece carinho da Fiel

Pedro Henrique fala sobre erro e agradece carinho da Fiel

Por Meu Timão

59 mil visualizações 89 comentários Comunicar erro

Pedro Henrique foi promovido aos profissionais em 2015

Pedro Henrique foi promovido aos profissionais em 2015

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O zagueiro Pedro Henrique falou pela primeira vez a respeito do erro cometido por ele na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, na noite de quarta-feira, no Mineirão. Dono da falha que culminou no gol do atacante equatoriano Cazares, o jovem defensor do Timão ressaltou o carinho dos torcedores alvinegros após o apito final.

“A torcida compreendeu da melhor maneira possível, viu que eu não quis errar, fui tentar um recuo para o Cássio e infelizmente errei. Agora é bola para frente, de cabeça erguida, para conseguirmos uma vitória no sábado”, afirmou Pedro Henrique, em entrevista à Rádio Globo.

Pedro Henrique foi titular pela quarta vez no Corinthians. Aos 37min do segundo tempo, o prematuro beque falhou ao recuar a bola para o goleiro Cássio, que viu o atacante do Atlético-MG ser mais rápido, se desvencilhar da marcação e anotar o segundo gol dos mandantes. Ao deixar o gramado, o camisa 34 não conseguiu segurar as lágrimas.

“O choro foi porque estou desde os 15 anos no clube, aprendi a gostar do Corinthians. Quando a gente erra daquela maneira, é normal ter aquela tristeza, aquele sentimento de que podia fazer melhor, dar um recuo melhor para o Cássio. Agora vou levantar a cabeça, trabalhar, melhorar o que tem de melhorar e pensar em vitórias e conquistas”, acrescentou.

O episódio ganhou a atenção de Cristóvão Borges, que fez sua estreia no comando técnico do Timão. Em entrevista coletiva, o treinador saiu em defesa do zagueiro de 20 anos e disse ter conversado com ele logo depois do fim da partida. “Cristóvão falou que tenho um futuro brilhante, disse para continuar trabalhando e não se abalar, porque sábado tem mais uma batalha”, frisou, recordando o apoio que recebeu até de jogadores do Atlético-MG.

“Dentro da partida, meus companheiros me apoiaram da melhor maneira possível, até Robinho, Fred, Dátolo, Cazares... Todos deram apoio também. O Dátolo falou para eu ficar tranquilo porque estou tranquilo, o Fred da mesma maneira, falou que tenho potencial enorme e que devo continuar nessa caminhada. Tem também de exaltar o apoio da torcida, que está mandando mensagens de carinho e me dando força para ser um grande zagueiro, como quero ser. Temos de esquecer o que passou”, finalizou.

Com a derrota em Belo Horizonte, o Corinthians deixou o G4 e passou para a sexta colocação do Brasileirão. A equipe do Parque São Jorge terá a sexta-feira para se preparar para o confronto com o Santa Cruz, sábado, às 21h (de Brasília), na Arena. Segundo o repórter Marco Bello, colunista do Meu Timão, vem mudança por aí.

Veja Mais:

  • Léo Príncipe será emprestado ao Vitória de Setubal até julho de 2019

    Corinthians define operação de empréstimo de Léo Príncipe a clube português

    ver detalhes
  • Balbuena vem sendo especulado em diversos clubes europeus

    Corinthiano Balbuena entra na mira do Fenerbahce, aponta imprensa europeia

    ver detalhes
  • Chicão cutucou zagueiro Miranda nas redes sociais

    Chicão cutuca Miranda e publica vídeo de lance polêmico de 2009 entre Corinthians e São Paulo

    ver detalhes
  • Danilo Avelar jogou 25 dos 42 jogos do Amiens na França

    Corinthians agenda exames para Danilo Avelar e aguarda resultados para anunciar reforço

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes