Pedro Henrique fala da discussão com Guerrero e relembra erro contra Atlético

Pedro Henrique fala da discussão com Guerrero e relembra erro contra Atlético

Pedro Henrique não deu chances para Paolo Guerrero e foi um dos melhores em campo

Pedro Henrique não deu chances para Paolo Guerrero e foi um dos melhores em campo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Um dos destaques da vitória do Corinthians sobre o Flamengo, o zagueiro Pedro Henrique falou da discussão que teve com o atacante Guerrero em campo. Segundo o jovem defensor, o exaltado bate-boca entre os dois ocorreu depois que o ex-atleta do Timão, goleado por 4 a 0, tentou “intimidá-lo”.

“Me surpreendeu por a gente estar ganhando o jogo, ele perder a cabeça daquela maneira, não era pra ter perdido. Mas é discussão do jogo que acontece, está tudo certo”, ponderou Pedro Henrique, que ainda mandou um recado ao jogador do Flamengo. “Não é assim que ele vai me intimidar, não. Por isso encarei ele”, respondeu.

Pedro Henrique fez apenas a oitava partida como profissional, mas aparece como boa opção para Cristóvão Borges. Após a saída de Felipe para o Porto (POR) e a série de problemas para escalar o setor defensivo, o comandante resolveu apostar no beque de 20 anos e teve as expectativas atendidas: diante do Flamengo, o camisa 34 teve o nome ovacionado pelos mais de 32 mil corinthianos presentes em Itaquera.

Contente pela boa fase, Pedro Henrique recordou o erro cometido por ele na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, quando falhou ao recuar mal uma bola para o goleiro Cássio. O deslize, sustentado pelos companheiros e pela torcida alvinegra, serviu de aprendizado para o zagueiro recém-promovido das categorias de base.

“Acho que o jogo do Atlético era o terceiro como profissional (quinto), não tinha errado ainda. Infelizmente errei, mas é passado. Tive a confiança do grupo, do Cristóvão e da família pra continuar o trabalho. Graças a Deus deu tudo certo, conquistamos a vitória e agora é continuar”, disse Pedro Henrique.

“Foi bom, conseguimos eu e Balbuena e toda a linha de quatro neutralizar a linha de ataque do Flamengo e graças a Deus fizemos um grande jogo e saímos com a vitória”, finalizou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes