Eternizado pela Fiel, Chicão anuncia aposentaria dos gramados aos 35 anos

Eternizado pela Fiel, Chicão anuncia aposentaria dos gramados aos 35 anos

Por Meu Timão

Ídolo do Corinthians, Chicão anunciou a aposentaria dos gramados

Ídolo do Corinthians, Chicão anunciou a aposentaria dos gramados

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Um dos principais jogadores do Corinthians nos últimos dez anos, o zagueiro Chicão anunciou sua aposentaria como atleta nesta semana. Sem clube há sete meses, o defensor de 35 anos resolveu pendurar as chuteiras depois de uma passagem pelo futebol indiano. Jogador do Timão de 2008 a 2013, o antigo camisa 3 possui oito títulos vestindo o manto alvinegro.

Eternizado no Corinthians, Chicão carrega a Libertadores e o Mundial Interclubes de 2012 como suas principais conquistas pelo clube. Porém, o início de sua passagem não foi cercada de glórias. O jogador chegou em 2008, para ser um dos reforços do elenco que tinha como objetivo principal o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

Aos poucos, Chicão ocupou seu espaço e formou uma forte dupla de zaga ao lado de William. Especialista em bolas paradas, o antigo camisa 3 do Corinthians, não conquistou somente o acesso e título previsto no planejamento em sua primeira temporada, mas deu sequência ao período vitorioso e ajudou o Timão a faturar o Campeonato Paulista e Copa do Brasil no ano seguinte.

“Ninguém queria jogar a Série B, eu cheguei e disse que no Corinthians jogaria até a Série C. Foram cinco anos e oito meses. Junto do Alessandro, do Júlio Cesar e do Marcelinho Carioca, sou quem tem mais título na história do clube (oito). Não consigo esquecer o passe que dei para o Paulinho no Mundial, no meio de dois jogadores, e que terminou com o gol do Guerrero. E fiz gols marcantes em Paulistão, na semifinal da Copa do Brasil de 2008 contra o Botafogo, o gol do acesso da Série B contra o Ceará, enfim, foram muitos”, disse em entrevista ao globoesporte.com

Apesar de problemas com o técnico Tite em 2011, que lhe renderam um lugar no banco de reservas, Chicão continuou no elenco e marcou presença também na conquista do Campeonato Brasileiro. Em 2013, o título de mais um Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana marcaram as últimas campanhas vitoriosas do zagueiro, que deixou o Timão em 2014. Mesmo com a saída do clube contra sua própria vontade, Chicão revela não guardar mágoas do clube.

“Eu tinha de sair, estava acabando meu contrato e me disseram que não iam renovar. Veio o Flamengo e eu segui a vida. Saí chateado, todos sabem, eu queria me aposentar no clube. Mas isso passou, a gente não sabe o dia de amanhã, quem sabe não posso trabalhar no clube novamente? Seria uma grande honra voltar a viver essa situação em um clube em que fui feliz. Não tenho mágoa com ninguém, já troquei mensagens com todos. Só guardo carinho”, acrescentou.

Questionado sobre um possível retorno ao Corinthians, Chicão destacou sua enorme identificação com a Fiel e demonstrou desejo de voltar a defender as cores do clube com outra função. “Não sei, tudo depende da diretoria, mas seria uma honra. Sou muito identificado, o torcedor até hoje pede minha volta para jogar (risos). Seria ótimo voltar, no profissional ou na base”, completou o ex-jogador.

Em quase sete temporadas completas pelo Corinthians, tendo em vista que deixou o clube ao final do primeiro semestre de 2014, Chicão acumula 247 partidas e 42 gols marcados. Depois da passagem pelo Timão, o zagueiro ainda passou por Flamengo, Bahia e Delhi Dynamos, da Índia, até encerrar sua trajetória como jogador.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes