Julgamento de Fagner no STJD é adiado

Julgamento de Fagner no STJD é adiado

Fagner será julgado apenas na próxima semana

Fagner será julgado apenas na próxima semana

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ao contrário do esperado, o lateral-direito Fagner não será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quarta-feira. O presidente Jonas Lopes Neto e o relator Rodrigo Raposo, da 5ª Comissão Disciplinar do órgão, atenderam ao pedido do Corinthians e da Associação Nacional de Árbitros de Futebol (Anaf) e adiaram o julgamento do processo, que agora acontece no próximo dia 10 (quarta-feira).

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do clube paulista. A princípio, Fagner seria julgado nesta quarta por um lance na goleada por 4 a 0 sobre o Flamengo, no dia 3 de julho, na Arena Corinthians. Ainda no primeiro tempo, o ala de 27 anos deu um carrinho em Ederson, que reclamou do lance pedindo a expulsão do corinthiano.

De acordo com o Timão, o adiamento das audiências do jogador e do árbitro Heber Roberto Lopes, responsável pelo duelo em Itaquera, se deu por conta da Olimpíada do Rio de Janeiro. Os torneios do evento esportivo começam já nesta quarta.

Na última sexta-feira, cerca de um mês depois da jogada, o edital da denúncia contra Fagner e o juiz foi divulgado pelo site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O julgamento do jogador estava marcado para quarta, às 18h. Como foi incluído no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – praticar jogada violenta –, o lateral pode ser suspenso entre um e seis jogos do Campeonato Brasileiro.

Antes do adiamento, a audiência aconteceria no mesmo dia em que o Corinthians enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, às 21h45 (de Brasília), pela 18ª rodada do Brasileirão. O camisa 23, porém, estaria em campo independentemente do resultado do processo.

“Mas o Fagner vai participar do jogo. O julgamento é na quarta e, qualquer que seja o resultado, o julgamento vai valer apenas para o dia seguinte. Portanto, ele estará no próximo jogo”, explicou Cristóvão Borges em entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 sobre o Internacional.

Assista ao lance que culminou no processo contra Fagner

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fevereiro de 2015 e segue até 2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Votação do impeachment no Parque São Jorge

    Confira em tempo real a votação do impeachment de Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes