Romero vê vaias como normal, faz mea-culpa e admite atuação abaixo contra Cruzeiro

2.4 mil visualizações 47 comentários

Romero confessou que teve desempenho ruim diante do Cruzeiro

Romero confessou que teve desempenho ruim diante do Cruzeiro

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante Ángel Romero tem a consciência de que precisa melhorar. Mais do que isso, o jogador, artilheiro do Corinthians na temporada com 13 gols, considera justas as vaias direcionadas à equipe pelo empate em 1 a 1 com o Cruzeiro, na noite de segunda-feira, no estádio do Pacaembu. Em entrevista coletiva, o camisa 11 fez uma autocrítica.

“Vaiou porque saí, porque não estava bem no jogo. Não estava fazendo bem meu trabalho, infelizmente não tive um jogo muito bom. Mas fico feliz por ter a oportunidade de jogar, tenho que aproveitar essa oportunidade porque a pedi. Infelizmente não está chegando meu gol. A gente está brigando, está lutando, o Marlone entrou muito bem, a torcida está com ele”, disse Romero.

“Acho que tem que estar com todo mundo também, todo mundo quer que o Corinthians brigue lá em cima e dispute até o último Brasileiro”, acrescentou o atacante.

Além das sonoras vaias entoadas, parte dos 33 mil presentes no Pacaembu reprovou a atitude do técnico Cristóvão Borges ao sacar Romero para a entrada de Marlone no segundo tempo. O comandante alvinegro, inclusive, ouviu gritos de “burro” oriundos das arquibancadas. Para o jogador paraguaio, porém, os ocorridos estão dentro da normalidade.

“Falando por mim, não incomoda. É normal que a torcida fique vaiando, alguma coisa assim, é normal. A gente tem que estar concentrado no nosso jogo, no campeonato, essas coisas vão acontecer. É normal, o Corinthians é um time muito grande, quase 40 milhões de torcedores, é normal que vaiem”.

“Então a gente tem que trabalhar só pensando em nós, tratando de fazer sempre nosso jogo. Infelizmente a gente perdeu dois pontos que iam ser muito importantes, porque a gente tem que ganhar jogando em casa. Mas foi um empate, somamos um ponto, é positivo também. É normal porque o Corinthians é um time muito grande”, finalizou.

Atual terceiro colocado do Brasileirão, o Corinthians treinou na manhã desta quarta-feira em preparação para a partida diante do Grêmio, no próximo domingo, às 11h (de Brasília), em Porto Alegre.

Veja Mais:

  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    [Mayara Munhoz] Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    ver detalhes
  • Cássio precisou deixar o jogo contra o São Paulo nos minutos finais

    Exames não apontam lesão grave em Cássio, mas goleiro segue como dúvida contra o Always Ready

    ver detalhes
  • Neo Química Arena bateu o recorde de público de 2022 neste domingo; valores arrecadados já ultrapassam o dobro de 2021

    Corinthians dobra bilheteria de toda a temporada 2021 em apenas quatro meses de 2022; veja valores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x