De volta, Pedro Henrique recorda amadurecimento no Timão

3.4 mil visualizações 51 comentários

Por Meu Timão

Pedro Henrique deve ficar no banco de reservas nesta segunda-feira

Pedro Henrique deve ficar no banco de reservas nesta segunda-feira

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Uma das principais promessas do atual elenco corinthiano, o zagueiro Pedro Henrique, volta a ficar disponível para o técnico Cristóvão Borges na partida desta segunda-feira, contra o Vitória, depois de se recuperar de uma lesão muscular na coxa. Presente na lista dos 23 jogadores relacionados, o camisa 34 relembrou o início difícil de sua trajetória como titular no Timão e comentou sobre os desafios superados até adquirir a confiança necessária na equipe.

Após a venda do zagueiro Felipe, além da lesão de Yago, titulares sob o comando de Tite no início da temporada, Pedro Henrique, aos poucos, foi ocupando seu espaço. Ainda com o antigo treinador, realizou sua estreia na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba. Na sequência, também comemorou o triunfo por 3 a 1 sobre o Botafogo. Mas, em sua terceira partida, já com Cristóvão Borges, apresentou uma falha ao recuar a bola para Cássio, que gerou o gol de Cazares, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG.

“Aqui é um clube onde se cobra bastante, né? A cobrança da torcida é grande e ali você imagina milhares de coisas, imagina que acabou tudo. Porque subi da base, tem uma oportunidade e falha. A torcida reagiu da melhor maneira possível, ela me apoiou. Só tenho a agradecer aos meus companheiros, o professor Cristóvão, que me apoiou no vestiário, e assim consegui dar a volta por cima”, declarou em entrevista ao UOL Esporte.

Diante do fato, o jovem zagueiro se emocionou muito logo após o apito final no estádio do Mineirão, no duelo que marcou a estreia do técnico Cristóvão Borges no Corinthians. Apesar da recordação negativa, Pedro Henrique absorveu muito bem o apoio de jogadores experientes com o choro, ainda no gramado, para dar a volta por cima e ter suas atuações reconhecidas pela Fiel nas partidas seguintes.

“Não só o Robinho, como o Fred, o Cazares, o Dátolo...Falaram que eu estava em um clube grande e que não podia me abalar pelo erro, para eu levantar a cabeça. Disseram que eu tinha um grande potencial e para eu continuar trabalhando. Houve outras pessoas do meio do futebol também como o Gil e o Chicão, que mandou uma mensagem por meio do Alessandro (atual gerente de futebol do clube)”, acrescentou.

Depois do erro em Belo Horizonte, Pedro Henrique permaneceu na equipe titular e demonstrou enorme consistência e segurança nas vitórias sobre América-MG, Santa Cruz e, em especial, na goleada por 4 a 0 sobre o Flamengo. Na ocasião, o defensor anulou completamente qualquer ação do experiente atacante peruano Paolo Guerrero.

“Fiquei ansioso. Falava comigo mesmo no meu quarto e conversava até com a minha esposa. Eu precisava fazer um grande jogo contra o Flamengo e não foi diferente, né? Eu, em uma linha de quatro, pude marcá-lo muito bem. Todos o marcaram bem”, relembrou.

Consciente de que a equipe necessita mudar a postura para voltar a vencer, o que não ocorre há três rodadas, Pedro Henrique destacou a ausência de objetividade nos últimos jogos e projetou mudanças.

“A gente pode se doar mais. Todos nós sabemos que faltam alguns detalhes. Eu acho que estamos falhando na última bola, na hora de colocar a bola para dentro. Estamos desperdiçando muitos gols. E não falo só dos atacantes. Zagueiros e volantes também perdem em lances de bola parada. Não é nem por falta de tranquilidade. Estamos com um pouco de azar também”, completou.

Corinthians e Vitória se enfrentam nesta segunda-feira, às 20h, na Arena Corinthians, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Somando 34 pontos, o Timão ocupa o sexto lugar.

Veja Mais:

  • Corinthians finalizou o primeiro treino preparatório para enfrentar o Bahia, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians se reapresenta e faz treino técnico e de finalizações de olho no duelo contra o Bahia

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero deixou o Corinthians em 2015; jogador tem contrato com o Internacional até o final de 2021, mas não deve vir ao Timão

    Diretor de futebol do Corinthians nega procura por Paolo Guerrero: 'Não há interesse'

    ver detalhes
  • Organizadas do Corinthians apoiaram Movimento Salve O Corinthians e reivindicam postura da diretoria

    Movimento de torcedores e organizadas do Corinthians enviam carta com reivindicações à diretoria

    ver detalhes
  • Da venda de Jucilei em 2011 até essas últimas penhoras das cotas do clube, o Caso J. Malucelli passou pela mesa de cinco presidentes: Andrés Sanchez, Mário Gobbi, Roberto de Andrade, Andrés Sanchez e, agora, Duilio Monteiro Alves

    Caso J. Malucelli: Corinthians paga R$ 22 milhões e tenta se livrar de outros R$ 6 mi na Justiça

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu primeiro empate no Brasileirão de Aspirantes diante do Red Bull Bragantino

    Corinthians empata com RB Bragantino e perde chance de assumir a liderança do Brasileirão Aspirantes

    ver detalhes
  • Carlos Brazil foi apresentado no Corinthians nesta quinta-feira

    Carlos Brazil quer Corinthians como protagonista na base: 'Time muito grande'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x