De volta, Pedro Henrique recorda amadurecimento no Timão

De volta, Pedro Henrique recorda amadurecimento no Timão

Por Meu Timão

Pedro Henrique deve ficar no banco de reservas nesta segunda-feira

Pedro Henrique deve ficar no banco de reservas nesta segunda-feira

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Uma das principais promessas do atual elenco corinthiano, o zagueiro Pedro Henrique, volta a ficar disponível para o técnico Cristóvão Borges na partida desta segunda-feira, contra o Vitória, depois de se recuperar de uma lesão muscular na coxa. Presente na lista dos 23 jogadores relacionados, o camisa 34 relembrou o início difícil de sua trajetória como titular no Timão e comentou sobre os desafios superados até adquirir a confiança necessária na equipe.

Após a venda do zagueiro Felipe, além da lesão de Yago, titulares sob o comando de Tite no início da temporada, Pedro Henrique, aos poucos, foi ocupando seu espaço. Ainda com o antigo treinador, realizou sua estreia na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba. Na sequência, também comemorou o triunfo por 3 a 1 sobre o Botafogo. Mas, em sua terceira partida, já com Cristóvão Borges, apresentou uma falha ao recuar a bola para Cássio, que gerou o gol de Cazares, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG.

“Aqui é um clube onde se cobra bastante, né? A cobrança da torcida é grande e ali você imagina milhares de coisas, imagina que acabou tudo. Porque subi da base, tem uma oportunidade e falha. A torcida reagiu da melhor maneira possível, ela me apoiou. Só tenho a agradecer aos meus companheiros, o professor Cristóvão, que me apoiou no vestiário, e assim consegui dar a volta por cima”, declarou em entrevista ao UOL Esporte.

Diante do fato, o jovem zagueiro se emocionou muito logo após o apito final no estádio do Mineirão, no duelo que marcou a estreia do técnico Cristóvão Borges no Corinthians. Apesar da recordação negativa, Pedro Henrique absorveu muito bem o apoio de jogadores experientes com o choro, ainda no gramado, para dar a volta por cima e ter suas atuações reconhecidas pela Fiel nas partidas seguintes.

“Não só o Robinho, como o Fred, o Cazares, o Dátolo...Falaram que eu estava em um clube grande e que não podia me abalar pelo erro, para eu levantar a cabeça. Disseram que eu tinha um grande potencial e para eu continuar trabalhando. Houve outras pessoas do meio do futebol também como o Gil e o Chicão, que mandou uma mensagem por meio do Alessandro (atual gerente de futebol do clube)”, acrescentou.

Depois do erro em Belo Horizonte, Pedro Henrique permaneceu na equipe titular e demonstrou enorme consistência e segurança nas vitórias sobre América-MG, Santa Cruz e, em especial, na goleada por 4 a 0 sobre o Flamengo. Na ocasião, o defensor anulou completamente qualquer ação do experiente atacante peruano Paolo Guerrero.

“Fiquei ansioso. Falava comigo mesmo no meu quarto e conversava até com a minha esposa. Eu precisava fazer um grande jogo contra o Flamengo e não foi diferente, né? Eu, em uma linha de quatro, pude marcá-lo muito bem. Todos o marcaram bem”, relembrou.

Consciente de que a equipe necessita mudar a postura para voltar a vencer, o que não ocorre há três rodadas, Pedro Henrique destacou a ausência de objetividade nos últimos jogos e projetou mudanças.

“A gente pode se doar mais. Todos nós sabemos que faltam alguns detalhes. Eu acho que estamos falhando na última bola, na hora de colocar a bola para dentro. Estamos desperdiçando muitos gols. E não falo só dos atacantes. Zagueiros e volantes também perdem em lances de bola parada. Não é nem por falta de tranquilidade. Estamos com um pouco de azar também”, completou.

Corinthians e Vitória se enfrentam nesta segunda-feira, às 20h, na Arena Corinthians, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Somando 34 pontos, o Timão ocupa o sexto lugar.

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes