Ofensas homofóbicas geram punição de para torcida organizada

Ofensas homofóbicas geram punição de para torcida organizada

Por Meu Timão

Sheik foi atacado nas redes sociais e através de protestos no CT após foto

Sheik foi atacado nas redes sociais e através de protestos no CT após foto

Foto: Reprodução / Instagram

A polêmica foto envolvendo ex-jogador do Corinthians Emerson Sheik e Isaac Azar, dono da rede de restaurantes Paris 6 em 2013 continua repercutindo. Dessa vez, o novo capítulo do episódio veio da justiça.

Após a publicação do jogador, que aparecia dando um selinho em seu amigo e sócio, uma parte da torcida organizada corinthiana compareceu ao CT com faixas de protesto. Nas faixas, dizeres homofóbicos direcionados a Sheik, como "Viado não" e "Aqui é lugar de homem" renderam multa à torcida.

A Camisa 12, organizada responsável pelo protesto foi condenada à pagar R$23,5 mil pela Defensoria Pública de SP. O valor também foi estipulado para Marco Antonio de Paula Rodrigues, presidente da torcida à época do episódio. Não há recurso da decisão.

Embora o próprio jogador não tenha realizado a denúncia, a secretaria de Justiça recebeu denúncias de cidadãos que se sentiram ofendidos com as manifestações, que fere a lei estadual 10.948, de 2001, que define punição para quem cometer atos ofensivos com homossexuais no estado de São Paulo.

Veja Mais:

  • Timão tenta vencer Vitória na estreia do returno de 2017

    Corinthians volta a campo pelo Brasileirão após 14 dias; confira times, desfalques, transmissão...

    ver detalhes
  • Guilherme Torres com a medalha da Recopa de 2013

    Volante Guilherme explica por que recusou Palmeiras e aceitou proposta do Corinthians

    ver detalhes
  • Grupo quer Fiel cantando 'uma só voz' na Arena Corinthians

    Torcedores criam manifesto por união das organizadas na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille está com sua renovação bem encaminhada

    Após conversa no CT, Corinthians trata renovação de Carille como questão de tempo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes