Cristóvão lamenta chances desperdiçadas, mas enxerga evolução

Cristóvão lamenta chances desperdiçadas, mas enxerga evolução

Cristóvão Borges diz que Timão apresentou melhora significativa em relação aos últimos jogos

Cristóvão Borges diz que Timão apresentou melhora significativa em relação aos últimos jogos

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Depois de abrir o placar, o Corinthians acabou derrotado pelo Santos por 2 a 1 neste domingo, na Vila Belmiro, em clássico pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva após o duelo, o técnico Cristóvão Borges apontou as chances desperdiçadas pela equipe no primeiro tempo como determinantes para o revés fora de casa.

“Futebol é isso sempre, é decisivo. Se você tem a vantagem e a aumenta num jogo equilibrado, você consegue concluir as oportunidades, as coisas ficam menos difíceis. Poderíamos sim (vencer), porque tivemos chances pra isso”, lamentou Cristóvão Borges.

Vindo de vitória por 3 a 0 sobre o Sport, o Timão deu indícios de que teria uma tarde feliz em Santos. Após bela assistência de calcanhar do meia Rodriguinho, Marlone invadiu a área e bateu de chapa para marcar o primeiro gol do confronto. Ainda assim, os donos da casa adotaram nova postura na etapa final e conquistaram a virada com Vitor Bueno (pênalti) e Renato.

Para Cristóvão Borges, o resultado não traduziu a performance do atual campeão brasileiro diante do rival praiano. “Em termos de resultado, sim, nós entendemos que a equipe melhorou em termos de atuação. Isso vem acontecendo nas últimas partidas, principalmente no primeiro tempo. Como já falei anteriormente, é necessária a confirmação em termos de resultado. Se seguirmos nesse caminho, vai acontecer, porque a equipe está jogando bem”, frisou o treinador, que evidenciou o descontentamento do elenco com a derrota amarga deste domingo.

“Nós temos consciência do que fizemos, fizemos também coisas boas. O jogo esteve pra nós e escapou. Temos essa consciência, claro que permitimos isso e vamos analisar. Já conversamos um pouco, mas vamos conversar melhor. Sabemos que no segundo tempo permitimos mais a equipe do Santos e tomamos a virada”, complementou.

O Corinthians não terá tempo para lamentar. Já na próxima quarta-feira, a equipe do Parque São Jorge volta a campo e enfrenta o Coritiba, às 21h45 (de Brasília), no estádio Couto Pereira. No sábado, recebe o líder do Brasileirão, Palmeiras, na Arena Corinthians, em Dérbi marcado para as 16h.

Veja Mais:

  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Em rede social, Kazim responde Gabriel: 'Pra cima dos bambis'

    Em rede social, Kazim provoca São Paulo antes de clássico: 'Pra cima dos bambis'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes