Mesmo em má fase, Corinthians tem segundo maior crescimento de sócios-torcedores do mês

Mesmo em má fase, Corinthians tem segundo maior crescimento de sócios-torcedores do mês

Por Meu Timão

Torcida do Corinthians vem fazendo sua parte nas arquibancadas

Torcida do Corinthians vem fazendo sua parte nas arquibancadas

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A Fiel é diferente e não faltam números para provar isso. As análises do torcedômetro feitas pelo Movimento por um Futebol Melhor ajudam a explicar esse fenômeno.

Mesmo em má fase dentro de campo, o Corinthians registra o segundo maior crescimento em número de sócios-torcedores entre os 72 clubes com associados. Os números são referentes ao mês de setembro de 2016.

O Corinthians angariou 592 novos sócios nos últimos dias, ficando atrás apenas do Flamengo, que somou 1.399 associados. A diferença fica por conta do desempenho das equipes no atual momento da temporada.

Pela primeira vez em quase sete anos, os cariocas brigam pelo título brasileiro. O Timão, por sua vez, vive momento conturbado e não engata boa sequência há mais de dois meses.

Vale ainda destacar que o Corinthians possui o maior número absoluto de sócios-torcedores do Brasil, com 129.885 filiados, seguido por Palmeiras (126.635) e Internacional (112.756). O Flamengo, com 54.593 adeptos, é apenas o nono colocado no torcedômetro.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Empresário do meia Pedrinho acusa empresa de assédio sobre o jogador dentro do Corinthians

    Portal revela denúncia de empresário de meia da base contra empresa de Garcia

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes