'Promovido', Carille se espelha em Tite para dar certo no Timão

'Promovido', Carille se espelha em Tite para dar certo no Timão

Por Meu Timão

Realizado, Carille afirma ter o trabalho de Tite como seu referencial

Realizado, Carille afirma ter o trabalho de Tite como seu referencial

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

No comando do Corinthians como treinador interino, o auxiliar técnico Fábio Carille agradeceu a confiança da diretoria alvinegra e ressaltou que tem Tite como seu referencial de trabalho. O profissional assumiu o time após a demissão de Cristóvão Borges, depois da derrota de 2 a 0 sobre o Palmeiras, neste sábado.

“Quero agradecer o presidente, toda diretoria do Corinthians pela confiança, eu sempre deixei muito clara minha vontade de ser treinador. Passei cinco anos trabalhando com o Tite, é a linha que eu quero seguir. É a linha que aprendi, que mais conquistamos. É o que quero seguir”, declarou Carille durante entrevista coletina no CT Joaquim Grava, nesta segunda-feira.

Sobre as preocupações com o esquema tático do time alvinegro, o técnico interino garantiu que seu maior foco se encontra no setor defensivo do Timão. Alegando que deve concentrar-se primeiramente no alinhamento e equilíbrio da zaga corinthiana, Fábio não deixou de analisar positivamente as atuações do Corinthians até o momento.

“A princípio é claro que voltar a ser muito forte defensivo, isso não inclui só os jogadores da defesa, é voltar a levantar a cabeça desses jogadores, voltar a ter confiança. No meu modo de ver fizemos bons jogos, mas os resultados não aconteceram sei que nós somos avaliados pelo resultado. A princípio é isso, uma defesa solida, bem equilibrada, e chegando forte ao ataque”, afirmou.

Caso tenha um desempenho satisfatório, a probabilidade de Carille continuar no comando do Timão até a próxima temporada é grande. Quanto a isso, o profissional garantiu foco na preparação para os próximos confrontos.

“Não posso me preocupar com isso, tenho que viver o dia a dia. Estamos elaborando tudo pro jogo contra o Fluminense. É viver intensamente cada dia, fazer o meu melhor, e dar um padrão pra esse time”, comentou.

Trabalhando como auxiliar técnico do Corinthians desde 2009, Fábio afirmou felicidade ao ter a oportunidade de convencer a diretoria corinthiana a se estabelecer no cargo. Garantindo ter essa pretensão, o treinador ressaltou que seu trabalho como auxiliar será bem utilizado no atual cargo.

“É um sonho, né. Por tudo que passei, por tudo que vivi. Acho que no trabalho como auxiliar, pra ajudar o treinador principal você tem que pensar como treinador, é questionar, passar boas ideias, eu nunca deixei de pensar. É pensar como treinador e agora como auxiliar. Sempre deixei bem claro. Tudo tem seu momento certo, minha oportunidade está aparecendo agora. É armar bem as equipes para os jogos”, finalizou.

O treinador enfrenta seu primeiro desafio nesta quarta-feira, contra o Fluminense, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo será disputado às 21h45, na Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes
  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes
  • Ronaldo não tem interesse em trabalhar com futebol no Brasil

    Ronaldo admite apoio a Andrés, mas nega vontade de assumir cargo no Corinthians

    ver detalhes
  • Meia pode ser envolvido em troca por jogadores do atual plantel alvinegro

    Segundo jornalista, Corinthians lidera briga com rivais paulistas por meia do Fluminense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes