Eduardo Ferreira deixa diretoria do Corinthians

Eduardo Ferreira deixa diretoria do Corinthians

Por Meu Timão

Eduardo Ferreira vinha sendo pressionado pela torcida

Eduardo Ferreira vinha sendo pressionado pela torcida

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Eduardo Ferreira não é mais dirigente do Corinthians. Diretor-adjunto de futebol do clube desde fevereiro de 2015, ele deixou o cargo nesta sexta-feira. A informação foi confirmada pelo Meu Timão.

A saída de Eduardo Ferreira está ligada ao acerto feito por Roberto de Andrade com o técnico Oswaldo de Oliveira, conforme antecipado pelo Meu Timão. O então diretor-adjunto e braço direito do mandatário era contrário à contratação do treinador, mas foi ignorado pelo presidente alvinegro.

Eduardo Ferreira ainda não se pronunciou publicamente sobre o assunto. A tendência é o dirigente conceder uma entrevista no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira à tarde para oficializar a saída.

Vale destacar que apesar de ainda não ter sido anunciado pelo Corinthians, Oswaldo de Oliveira já se acertou com o presidente Roberto de Andrade. Em meio a um racha político que pode chegar até mesmo ao gerente de futebol Alessandro Nunes, o clube não se pronunciou sobre o anúncio.

Trajetória no Corinthians

Ex-assessor da Gaviões da Fiel e portanto diretor da principal organizada do Corinthians, Eduardo Ferreira assumiu o cargo de diretor-adjunto no início da gestão de Roberto de Andrade à frente do clube, em fevereiro de 2015. Na época, era o braço direito do então diretor de futebol Sergio Janikian.

Com o pedido de demissão de Janikian, pouco após a eliminação do Corinthians na Libertadores da temporada passada, e, posteriormente, a saída de Edu Gaspar junto com Tite à Seleção Brasileira, cresceram a responsabilidade e a exposição de Eduardo Ferreira no clube do Parque São Jorge.

Pressionado pela torcida e por boa parte dos conselheiros, Eduardo Ferreira já dava sinais de desgaste e sinalizava a possibilidade de deixar o cargo antes do fim do mandato de Roberto - fevereiro de 2018. O controverso acerto com Oswaldo de Oliveira, porém, é que foi a gota d'água.

Veja Mais:

  • Líder desde a quinta rodada, Timão tem oito pontos a mais que o vice Grêmio

    Rival direto tropeça e 'gordura' do líder Corinthians volta a crescer

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel está autorizada a frequentar estádios

    Reunião determina retorno das organizadas do Corinthians aos estádios

    ver detalhes
  • Danilo deve retornar aos gramados após longa recuperação

    Corinthians faz nova substituição em lista de inscritos da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel (colete) é opção para jogo de quarta-feira; Pedrinho deve iniciar no banco

    De 'chave virada', Corinthians inicia preparação para duelo decisivo com Patriotas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes