Lateral do Corinthians revela conteúdo de conversa entre jogadores e árbitro no Mineirão

Lateral do Corinthians revela conteúdo de conversa entre jogadores e árbitro no Mineirão

Por Meu Timão

Uendel falou com a imprensa no dia seguinte à eliminação

Uendel falou com a imprensa no dia seguinte à eliminação

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Ao término da partida contra o Cruzeiro, na noite dessa quarta-feira, no Mineirão, pela Copa do Brasil os jogadores do Corinthians centralizaram suas críticas na arbitragem, apesar de o técnico Oswaldo de Oliveira não ter feito o mesmo. Nesta quinta, durante o desembarque da delegação alvinegra no aeroporto de Guarulhos, o lateral-esquerdo Uendel, escolhido pelo clube para falar com a imprensa, explicou o conteúdo da conversa dos corinthianos com o árbitro Wilton Pereira Sampaio, tida logo após o apito final.

"No jogo do ontem a reclamação ficou mais por conta dos acréscimos (quatro minutos). O Ábila caiu uma hora e o jogo ficou por dois minutos parados. Depois o Lucas caiu também. Teve pênalti, teve substituição... Cada lateral ou cada escanteio a bola sumia. O Wilton Pereira deu apenas quatro minutos, esse foi nosso argumento. Poderia ter dado um pouco mais, por isso a nossa reclamação depois do jogo", argumentou Uendel.

"Saímos de cabeça quente depois do jogo, isso explica as declarações fortes", completou, se referindo a falas de Rodriguinho e Fagner, que chegaram a elencar erros da arbitragem. O meia, inclusive, chegou a demonstrar medo de reclamar por conta de uma possível punição.

Apesar de o foco das reclamações, de acordo com Uendel, ser o tempo de acréscimo, os jogadores do Corinthians também contestaram a penalidade marcada pelo juiz de Pedro Henrique sobre Arrascaeta, que resultou no segundo gol do Cruzeiro no momento em que o marcador ainda mostrava 1 a 1 - placar que classificava o Timão às semifinais.

"Também teve o pênalti do Arrascaeta que, na minha opinião, ele deu uma valorizada e dobra o joelho, foi um lance polêmico. A arbitragem vai errar e vai acertar. Infelizmente, para nós, no nosso pensamento, acabamos errando ontem. É vida que segue, temos uma sequência, temos que corrigir os erros de ontem e busca essa vaga aí", analisou Uendel.

O próximo compromisso do Corinthians está marcado para domingo, no Maracanã, contra o Flamengo. O duelo entre paulistas e cariocas está previsto pela 32ª rodada do Brasileirão.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes