Novo diretor do Corinthians revela gasto milionário da base e traça metas para conter gastos

Novo diretor do Corinthians revela gasto milionário da base e traça metas para conter gastos

Por Meu Timão

Fausto Bittar Filho é diretor da base corinthiana há pouco mais de um mês

Fausto Bittar Filho é diretor da base corinthiana há pouco mais de um mês

Foto: Reprodução/Facebook

Novo diretor das categorias de base do Corinthians desde a saída de José Onofre, Fausto Bittar tem uma dura tarefa pela frente: cortar os gastos do departamento de futebol amador do clube, que giram em torno de R$ 14 milhões atualmente.

"Nosso custo mensal fica sempre na casa de R$ 1,2 milhão e vamos enxugar mais um pouco para o ano que vem. Essa redução vai se dar com contratações, saídas de atletas, logística…", contou o dirigente, em entrevista ao Yahoo Esportes!.

"Temos 70 funcionários e 200 atletas, entre a base do Corinthians e a do Flamengo-SP", completou, fazendo referência à parceria que permite que o Timão acomode parte de seus jovens atletas em Guarulhos. Tal acordo, contudo, deve ser rompido em novembro, haja vista que o centro de treinamento anexo ao CT Joaquim Grava já está sendo utilizado pela garotada alvinegra.

Enxugar os gastos passa obrigatória e obviamente pelo fim dos casos de desvio de verba e demais escândalos que vêm manchando as categorias de base do Corinthians. Foi inclusive por conta de tais episódios que o antecessor de Bittar acabou deixando o cargo.

"Isso já está sendo administrado pela própria diretoria, que montou uma Comissão de Ética. Sem contar as mudanças de pessoal feitas (José Onofre deixou a diretoria da base, o gerente Fábio Barrozo pediu demissão e oito assessores da base saíram). Isso não me preocupa, porque o clube criou travas. E todas as contratações passarão por mim. Tenho certeza de que nada disso vai acontecer", analisou.

Bittar ainda voltou a falar no ousado projeto de unificação das categorias de base do futebol e do futsal do Corinthians. A ideia havia sido revelada há pouco mais de uma semana e visa otimizar a revelação de jogadores tanto para o salão quanto para o esporte de campo.

"A ideia é fazer com que o atleta possa sair do salão e ir para o campo com facilidade, sem qualquer burocracia. Também vamos conseguir integrar melhor as comissões técnicas. A base do futsal deixa de ser da diretoria de esportes terrestres. Vai dar mais trabalho, porém teremos melhor qualidade", explicou.

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

    Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes