Cássio minimiza especulações e reitera retomada de titularidade

Cássio minimiza especulações e reitera retomada de titularidade

3.5 mil visualizações 84 comentários Comunicar erro

Cássio substituiu Walter aos 15 minutos do primeiro tempo

Cássio substituiu Walter aos 15 minutos do primeiro tempo

Agência Corinthians

Mediante ao equilíbrio no placar na partida entre Corinthians e Chapecoense na tarde deste sábado, por 1 a 1, na Arena, a titularidade na meta corinthiana voltou a ficar em evidência. Aos 15 minutos da primeira etapa, Walter sentiu dores na coxa direita, solicitando a substituição e, consequentemente, a entrada de Cássio, a partir da escolha do técnico Oswaldo de Oliveira.

A mudança, mais uma vez, atrapalhou a sequência de titularidade por parte de Walter e abriu o caminho para o camisa 12 do Timão. "Tive tranquilidade de entrar. Jogar, eu sei jogar. Tentei fazer o meu melhor para ajudar o Corinthians. O que vale é estar ali. As coisas permanecem iguais de quanto eu era titular", declarou o arqueiro.

A respeito das recentes especulações que indicam uma possível transferência ao final da temporada, além da enorme insatisfação com o atual momento, Cássio assegurou comprometimento e minimizou os assuntos extracampo.

"No futebol, não podemos falar muito porque são coisas muito rápidas. Renovei o contrato. Fiquei no banco, mas vou trabalhar para retomar minha posição. Chegou o professor Oswaldo agora e ele conversou muito comigo. A gente vê que jogadores que ganharam muito em seus clubes e depois querem tumultuar, comigo é ao contrário. Se falam muitas coisas sem saber ou me julgam sem me conhecer. Vou lutar dentro de campo, não falando", acrescentou.

Ainda sobre as polêmicas sobre a mudança de clube, Cássio, um dos personagens principais das conquistas internacionais do clube na temporada de 2012, ratificou o comprometimento pelo Corinthians, reiterando o contrato e acordo com o clube.

"To focado aqui. Comuniquei ao meu empresário, quando acabar a temporada, eu devo ir para o Rio de conversar. É até uma falta de respeito com o Corinthians, que paga o meu salário. O que vai acontecer nos próximos anos não se pode falar agora. Tenho que me dedicar e ajudar o Corinthians", complementou.

Somando 50 pontos após o empate, o Timão caiu uma colocação na tabela e agora aparece com a sétima melhor campanha. A equipe comandada pelo técnico Oswaldo de Oliveira volta a campo no próximo sábado, dia 5, quando faz o clássico Majestoso contra o São Paulo, às 19h30, no Morumbi, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians fez dois gols no final do jogo e garantiu a classificação

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Quem para o homem?! - Gustagol comemora oitavo gol pelo Corinthians em 2019

    Atacantes do Corinthians empatam na eleição do craque da segunda fase da Copa BR; veja avaliações

    ver detalhes
  • Urso beija escudo do Corinthians ao comemorar primeiro gol pelo clube

    Carille se encanta com Sornoza e valoriza credenciais de Urso: 'Sei que o corinthiano gosta'

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes