Em jogo sonolento, Corinthians empata com a Chapecoense e sai do G6 do Brasileirão

Corinthians Corinthians 1 x 1 Chapecoense Chapecoense

Brasileirão 2016

Em jogo sonolento, Corinthians empata com a Chapecoense e sai do G6 do Brasileirão

Por Meu Timão

Romero lamenta gol perdido na Arena

Romero lamenta gol perdido na Arena

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians encarou a Chapecoense na tarde deste sábado. Em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira ficou no empate em 1 a 1 e perdeu a chance de conquistar os três pontos em casa.

A equipe corinthiana, que veio de um empate com o Flamengo na última rodada, só dependia de si para permanecer no G6, e por isso precisava da vitória. Já a Chapecoense, que disputou a Copa Sul-Americana no meio da semana, não quis abrir mão do Brasileirão e veio com time titular.

Para o confronto, Oswaldo escalou a equipe no 4-1-4-1, formado por: Walter; Fagner, Pedro Henrique, Vilson e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero.

Primeiro tempo

O Corinthians começou muito mal na partida, mostrando desentrosamento total e sem conseguir chegar ao ataque. E se o jogo parecia começar ruim para o Timão ficou ainda pior no primeiro terço partida, quando Oswaldo foi obrigado a fazer a sua primeira alteração.

Walter sentiu dores na coxa e sinalizou o pedido de substituição. Em grande fase, o goleiro não conseguiu permanecer em campo e deu o lugar a Cássio. A lesão, que pela segunda vez interrompe uma sequência como titular, fez com que jogador saísse muito frustado de campo.

Durante a substituição, ambos os goleiros foram muito aplaudidos pela Fiel presente em Itaquera. Apesar disso, a primeira etapa foi fraca e nenhum dos dois goleiros chegou a trabalhar muito. Os primeiros 45 minutos terminaram com o time visitante um pouco melhor, mas a etapa terminou sem gols.

Segundo tempo

A equipe corinthiana voltou para o segundo tempo e esboçou um pouco mais de vontade. Mas o ímpeto durou pouco, e ficou nos erros individuais. Sem conseguir acertar passes e sem chegar ao ataque, o Corinthians continuou mal na partida.

Por isso, o treinador alvinegro optou pela primeira alteração tática - e a segunda substituição na partida. Após colocar todo o time no aquecimento, aos 15 minutos, Oswaldo chamou Lucca. O camisa 30 do Corinthians entrou no lugar de Marquinhos Gabriel.

Aos 23 minutos, aconteceu a última mexida no Timão. Rildo entrou no lugar de Marlone, que não fazia uma boa partida. A mudança foi providencial, já que foi Rildo sofreu o pênalti aos 27 minutos, quando foi derrubado por Gimenez após receber a bola na área.

Giovanni Augusto bateu e converteu, abrindo o placar para o Corinthians na partida. O gol e a as alterações deram novo gás à equipe, que chegou a perder grande chance com Fagner, que tirou tinta da trave após aproveitar rebote de um chute de Rildo.

A sorte corinthiana parecia ter mudado, até que, aos 38 minutos, também com pênalti, a Chapecoense empatou o jogo em cobrança de Bruno Rangel. No pênalti, o zagueiro Pedro Henrique levantou demais o pé, repetindo jogada semelhante à que também levou a uma penalidade contra o Corinthians - em jogo com o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

A partida terminou em 1 a 1. Com o resultado, o Corinthians depende de outros resultados para garantir a vaga no G6. No próximo jogo, dia 5, a equipe enfrenta o São Paulo no Morumbi e precisará se destacar no clássico para seguir vivo na luta.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Chapecoense

  • 1000 caracteres restantes