Advogado de Andrés Sanchez vê inquérito na Lava Jato de maneira positiva

Advogado de Andrés Sanchez vê inquérito na Lava Jato de maneira positiva

Por Meu Timão

Andrés Sanchez teve seu julgamento decretado nesta quinta-feira

Andrés Sanchez teve seu julgamento decretado nesta quinta-feira

Foto: Reprodução/TV

A certeza de que Andrés Sanchez será investigado na Operação Lava Jato veio na noite desta quinta-feira. Através do despacho do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, o ex-presidente corinthiano, envolvido em diversos boatos e divergências da Arena Corinthians, terá o caso, enfim, resolvido. Em meio ao julgamento, João dos Santos Gomes Flho, advogado do ex-mandatário do Timão, classifica a situação de maneira positiva.

"O inquérito vem para o bem dele. Porque ele já falou que não recebeu. A terceira pessoa, que foi apontada como recebedora, André Negão, também já se manifestou e falou que não recebeu. Foi feito no Corinthians um procedimento administrativo para investigar isso. Temos uma palavra do delator que entregou para uma terceira. E todos negaram. A cadeia não está completa", declarou em entrevista à ESPN.

A suspeita por Andrés Sanchez surge a partir das diversas negociações e valores acordados pela construção do estádio em Itaquera. Presente em uma delação, a acusação tem como base uma suposta propina destinada ao ex-presidente - utilizada em sua campanha política como deputado federal -, porém recebida por André Negão, vice-presidente do clube.

"O bom para ele [Andrés] era não ter sido mencionado. Mas como foi mencionado tem que se apurar. E a maneira de se apurar é abrindo um inquérito. Lá a gente vai poder sugerir que se produzam as provas. Não existe defesa em um inquérito, ele é inquisitivo. Vamos tentar um diálogo. Se você pegar a operação do começo ao fim, as delações são diretas. Agora tem falando que entregou para um fulano que entregou para o Andrés. Vamos tentar colaborar com a investigação. Falar com o delegado. Imagino que ele vai ter interesse porque quer resolver tudo isso", completou.

Consciente de que não cometeu crime com as verbas que circularam durante a construção da casa corinthiana, Andrés não demonstrou preocupação com os boatos e alegou inocência, ressaltando a responsabilidade de valores na construção.

"Não tenho medo nenhum, não devo nada! E foi o que eu disse: a auditoria independente foi contratada pelo presidente do Corinthians e quem errou vai pagar. O Corinthians é vítima. E vai atrás até o último momento. Eu não pedi nada, não peguei nada e não fiz nada. É mentira! Não devo nada e estou à disposição à qualquer hora", disse o ex-presidente na última terça-feira, ao longo do programa Bola da Vez dos canais ESPN.

Veja Mais:

  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes
  • Leandro Damião pode trocar Flamengo pelo Corinthians em 2017

    Corinthians inicia conversas por centroavante do Flamengo, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes