Gustavo vibra com chegada de Jô e faz planos para o futuro no Timão

Gustavo vibra com chegada de Jô e faz planos para o futuro no Timão

Por Fernando Caliman e Vinícius Souza

Atacante espera permanecer no Corinthians em 2017

Atacante espera permanecer no Corinthians em 2017

Foto: Agência Corinthians

Ao final do evento que promoveu a parceria do Corinthians com a New Era, o atacante Gustavo falou sobre o seu atual momento do clube. Representando o elenco ao lado de Guilherme Arana e Giovanni Augusto, o camisa 9 do Timão aproveitou a ocasião de descontração, porém também não fugiu da responsabilidade ao falar das metas do clube.

Artilheiro da Série B com o Criciúma, Gustavo chegou ao Corinthians durante o segundo semestre da temporada, entretanto, ainda não balançou as redes. Em meio ao fato, o atacante garantiu tranquilidade e total comprometimento no trabalho para quebrar a marca negativa.

"É que nem eu falei, tem que trabalhar e não deixar isso te atrapalhar no dia-a-dia. Eu estou muito tranquilo, estou treinando firme e sempre um pouco mais para que a oportunidade pintar eu estar pronto. Estou muito tranquilo quanto a isso, procuro sempre fazer o meu trabalho no dia-a-dia. Tem que estar pronto porque a oportunidade logo logo aparece", comentou o camisa 9 em entrevista ao Meu Timão.

Questionado a respeito da parceria com o recém-contratado Jô ao longo dos treinamentos, Gustavo evidenciou a aproximação com o experiente jogador de 29 anos, revelando a boa convivência a partir de dicas e sugestões do companheiro de setor.

"Ele (Jô) pede para eu ficar tranquilo, que eu tenho como característica dar o passe de primeira e ele pede para eu segurar um pouco mais, para proteger e esperar os companheiros chegar. Isso eu guardo comigo e vou praticando no dia-a-dia", declarou Gustavo.

Ainda sobre Jô, Gustavo vê o atacante revelado no Timão como base para sua trajetória no clube. "Estou muito feliz com a chegada do Jô, não só eu, como a torcida do Corinthians inteira. É um cara que estou procurando me espelhar ali dentro do Corinthians, me aproximo dele para pedir dicas, até por ser muito experiente. Ele vem conversando comigo, para eu ter tranquilidade e trabalhar firme, porque na hora certa a oportunidade vai pintar", acrescentou.

Motivo de contestação por grande parte dos torcedores, tendo em vista que não chamou atenção, tampouco atendeu as expectativas criadas por sua contratação, o atacante classificou sua passagem no Timão como difícil e espera mudar o atual cenário imediatamente. "Em todos os lugares que eu cheguei, inclusive no Corinthians, foi difícil. Mas, com muito trabalho, eu sempre superei. Aqui no Corinthians não vai ser diferente", revelou o jovem de 22 anos.

Determinado em permanecer no Corinthians para a temporada de 2017, Gustavo revelou o desejo pessoal e negou qualquer tipo de interesse ou especulação por transferência. Na visão do camisa 9, a meta principal no momento é garantir a presença no G6 e, consequentemente, uma vaga à Libertadores do ano que vem.

"A minha é de ficar sempre no Corinthians. Eu não estou sabendo de nada, é só pela imprensa mesmo. Até agora não chegou nada nem para mim e nem para o Corinthians, eu acho. Não adianta ficar pensando nisso, é focar porque nós temos dois jogos muito importante para a gente, que decide nosso ano para a classificação à Libertadores. Sábado vai ser uma guerra aqui dentro de campo e temos que sair com a vitória", completou Gustavo.

Em oito jogos disputados com a camisa do Corinthians desde sua chegada, Gustavo não possui nenhum gol marcado - desempenho bem inferior ao alcançado pelo jogador no Criciúma, onde balançou as redes em 18 oportunidades, ao longo de 32 partidas.

Veja mais em: Gustavo, Campeonato Brasileiro e .

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes