Com 'olé' da Fiel e gol simbólico, Corinthians atropela Sorocaba e é bicampeão paulista de futsal

Com 'olé' da Fiel e gol simbólico, Corinthians atropela Sorocaba e é bicampeão paulista de futsal

Lino marcou dois dos quatro gols corinthianos na noite

Lino marcou dois dos quatro gols corinthianos na noite

Foto: Reprodução/TV

O Corinthians se sagrou campeão da Liga Paulista de Futsal pela 11ª vez na história. Maior vencedor da competição, o Timão conquistou seu mais recente título (e segundo consecutivo) na noite desta quinta-feira, no ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, ao vencer o Sorocaba por 4 a 0, com gols de Vander Carioca, Lino (2) e Rocha.

Precedido de homenagens à Chapecoense fora e dentro de quadra, o jogo contou com participação incansável da Fiel. A torcida do Corinthians, que havia esgotado os ingressos já na véspera da partida, deu show nas arquibancadas e empurrou a equipe alvinegra para o ataque do início ao fim da partida.

Não à toa, o Timão foi quem dominou as ações dentro de quadra. Tanto no primeiro quanto no segundo tempo, o Corinthians do técnico André Bié foi quem teve mais posse de bola e chutou mais vezes ao gol adversário. Isso mesmo os mandantes tendo vantagem do empate, haja vista a vitória sobre o Sorocaba no jogo de ida, disputado no interior paulista!

Após início de jogo bastante movimentado, com defesas difíceis dos goleiros Guitta, do Corinthians, e Tiago, do Sorocaba, o Timão foi quem abriu o placar. E o gol foi "simbólico". O garoto Leandro Lino, de apenas 21 anos, fez jogadaça pela lateral, atraiu o arqueiro rival para a linha de fundo e cruzou. Vander Carioca, veterano de 40 anos, empurrou a bola para o fundo das redes.

Jogadores comemoram um dos gols do Corinthians

Jogadores comemoram um dos gols do Corinthians

Foto: Reprodução/TV

A sintonia entre diferentes gerações é justamente o que marca o futsal do Corinthians em 2016. A equipe se apresentou no início do ano justamente com esse perfil: muitos garotos oriundos da base completando um elenco desfalcado por baixas como a do experiente Simi, que trocou o Timão justamente pelo Sorocaba - mesmo caminho que o técnico Fernando Ferreti viria a fazer nos meses seguintes.

Bom... Se com vantagem do empate o Corinthians não se acomodou na retranca, não seria com o marcador em vantagem que os comandados de André Bié se acuariam. Na etapa complementar, Lino tabelou com o também experiente Deives, de 31 anos, e ampliou o placar. Pouco depois, o garoto roubou a bola do adversário, avançou com liberdade e fez o terceiro da goleada alvinegra. Mesmo com uns quilinhos a mais, Folha ainda teve pique para puxar belo contra-ataque e servir o garoto Rocha, de 21 anos, que sacramentou os 4 a 0.

Vale lembrar que o Corinthians pode, em menos de suas semanas, voltar a levantar uma taça no futsal. Novamente contra o Sorocaba, o Timão decide a final da Liga Nacional nos próximos dias 5 e 12, em Sorocaba e no Parque São Jorge, respectivamente.

Veja mais em: Futsal do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes