Corinthians esfria interesse em contratação de Rithely

57 mil visualizações 257 comentários Comunicar erro

Rithely não deve ser reforço do Corinthians

Rithely não deve ser reforço do Corinthians

Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Antes dada como certa, a chegada de Rithely ao Parque São Jorge não deve mais acontecer. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, na sede social do Corinthians, o diretor de futebol Flávio Adauto explicou que, de fato, houve interesse no jogador, mas os valores da negociação estão fora do orçamento alvinegro.

“Eu não tenho falado com empresários, eles são uma estrutura importante no futebol, porque os jogadores não querem falar com você. O que estamos fazendo: sem fugir dessa proposta (financeira) é ter as peças que faltam para compor o elenco. O Corinthians tem dois belos goleiros, laterais... Tem uma base, mas ela está desequilibrada. Pontualmente estes nomes estão sendo vistos. A gente pensava no Rithely? Pensava. Não pensa mais”, frisou Adauto.

“O Alessandro (gerente de futebol) conversou com o pessoal. Teve X, Y... Mas daqui a pouco tem X, X, Y... E se reverter? Bem, se reverter, volta à negociação. Temos 30 milhões de torcedores. Se ele vê que está trazendo ‘fulano’, ele passa a sonhar com a situação”, acrescentou o dirigente.

Rithely era o principal pedido do técnico Oswaldo de Oliveira, que o treinou durante o período em que esteve no Sport. Mesmo com a demissão do treinador, o Corinthians manteve as conversas com representantes do atleta. O vínculo do meio-campista com a equipe paulista seria válido por quatro temporadas, até 2020.

O interesse do Timão em Rithely já havia sido confirmado por Adauto. O dirigente, porém, garantiu que não faria loucuras pelo jogador, tampouco cobriria o valor da multa rescisória, hoje na casa dos R$ 40 milhões. De acordo com Alessandro Nunes, que conduzia a negociação e, inclusive, jantou com o volante no último fim de semana, a quantia solicitada pelo clube pernambucano tornou a transação inviável.

“Nas formas atuais, os valores apresentados são inviáveis para o Corinthians”, esclareceu Alessandro.

Ao longo da coletiva, aliás, a cúpula corinthiana anunciou seu – nem tão – novo treinador: Fábio Carille, que trabalha no clube como assistente há sete anos. O profissional chegou a comandar a equipe paulista em dois momentos distintos da temporada e agora está oficializado sob a promessa de que terá tempo para trabalhar. Veremos...

Veja mais em: Flávio Adauto, Alessandro, Mercado da bola e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes
  • O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    [Mayara Munhoz] O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: