Cristian perde ainda mais espaço no Corinthians e aumenta milionária dor de cabeça da diretoria

86 mil visualizações 93 comentários Comunicar erro

Cristian completou 100 jogos pelo Corinthians no amistoso contra a Ferroviária, semana passada

Cristian completou 100 jogos pelo Corinthians no amistoso contra a Ferroviária, semana passada

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Não bastasse a queda de braço que trava com o colombiano Stiven Mendoza, a diretoria do Corinthians tem um outro abacaxi em mãos: Cristian. Mais do que nunca, o veterano volante de 33 anos está sem espaço no elenco alvinegro.

Na última segunda-feira, em jogo-treino disputado pelos reservas do Corinthians contra o Atibaia, Cristian ficou no banco de suplentes. Ou seja: o jogador, que encerrou o ano passado como titular do então técnico Oswaldo de Oliveira, se tornou reserva dos reservas.

Como primeiro volante, ele foi preterido por Gabriel (titular) e Paulo Roberto, dupla que vem ganhando pontos no Corinthians nestas primeiras semanas de trabalho. O experiente jogador disputa o posto de terceira opção para o setor em pé de igualdade com o jovem Warian.

Já para a função de segundo volante, na qual foi testado pelo técnico Fábio Carille no segundo tempo do jogo-treino, Cristian está atrás de Fellipe Bastos (titular), Camacho e Maycon (na Seleção Sub-20) de acordo com o entendimento da comissão técnica corinthiana.

Não à toa, Cristian não foi nem mesmo inscrito no Campeonato Paulista. O Corinthians tenta desesperadamente negociá-lo por empréstimo até o fim da temporada, quando o contrato de três anos com o clube chegará ao fim.

A situação de Cristian incomoda tanto a diretoria do Corinthians que o presidente Roberto de Andrade cogita aceitar oferta do Avaí e emprestá-lo pagando cerca de 90% dos R$ 420 mil mensais que o volante recebe de salário. Nesse modelo de transferência, o Timão economizaria algo em torno de R$ 600 mil nesta última temporada do jogador no clube.

Fato é que, até o momento, a segunda passagem de Cristian pouco acrescentou ao Corinthians em termos de futebol, causando assim dor de cabeça para a alta cúpula alvinegra. Sob forte pressão da torcida e de conselheiros acerca do tema, a diretoria já calcula um gasto com o volante superior a R$ 11 milhões em salários e luvas desde sua contratação, no início de 2015.

Veja mais em: Cristian e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes
  • O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    [Mayara Munhoz] O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    ver detalhes
  • Corinthians se reapresentou ao CT na manhã desta segunda-feira com Carille

    Com Carille e Urso em campo, Corinthians se reapresenta e inicia preparação para encarar o Santos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: