Corinthians fecha nova parceria para a Arena

191 mil visualizações 164 comentários

Por Meu Timão

Empresa referência em gestão de estacionamentos passa a comandar espaço da Arena

Empresa referência em gestão de estacionamentos passa a comandar espaço da Arena

Instagram/@brunotrolo

O Corinthians anunciou, nesta noite de sexta-feira, a mais nova parceira da Arena. Trata-se da Indigo, empresa especializada em gerenciamento de estacionamentos. De acordo com o clube, a agência, que substitui a Omni, firmou contrato de operação e exploração da garagem do estádio por quatro anos, até 2020.

"Pensamos, sempre, em oferecer a melhor experiência aos torcedores que vem à Arena Corinthians, seja para ver um jogo, ou simplesmente para visitação. Por isso, estamos muito satisfeitos em formalizar este acordo, que vem sendo discutido desde o ano passado", comemorou Roberto de Andrade, presidente do Corinthians. "Entendemos que é nosso papel oferecer o melhor serviço, para que o torcedor tenha conforto em sua escolha de como vir à Arena e essa parceria certamente trará muitos benefícios àqueles que preferem vir de carro ao estádio", acrescentou.

A empresa, segunda maior do ramo no Brasil (atrás apenas da Estapar), fará o investimento necessário em tecnologia e infraestrutura, possibilitando a compra do estacionamento por aplicativo de celular, acesso através de sistema de controle eletrônico, entre outras facilidades para o torcedor. Os valores do negócio não foram revelados.

Ainda segundo o Timão, a nova operação do estacionamento da Arena será conjunta ao Fiel Torcedor. No entanto, haverá possibilidade da aquisição de tickets por torcedores não associados ao programa.

Em tempo: antes do acordo com a Indigo, a empresa responsável por comandar o espaço da Arena Corinthians era a Omni, também gestora do Fiel Torcedor. Ademais, o processo de impeachment protocolado por conselheiros do clube contra Roberto de Andrade é baseado justamente em um antigo documento referente ao estacionamento do estádio.

Por que impeachment? – O presidente do Timão teria assinado a lista de presença da assembleia geral da Arena que decidiu pela contratação da Omni para controlar o estacionamento em 5 de fevereiro de 2015. O mandatário, porém, foi eleito apenas no dia 7. Além disso, a própria papelada do estabelecimento, datada de 10 de janeiro de 2015, contém a assinatura de Roberto e o carimbo de presidente, cargo que ele só ocuparia 27 dias depois.

Veja mais em: Arena Corinthians, Impeachment e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Fábio Santos, Willian e Gabriel ficam à disposição de Sylvinho para a estreia do Paulistão

    Corinthians recebe Ferroviária na estreia do Paulistão 2022; veja detalhes

    ver detalhes
  • Situação de Rodrigo Varanda será analisada internamente pelo Corinthians

    Corinthians realiza análise interna sobre polêmica com Rodrigo Varanda; saída pode ser opção

    ver detalhes
  • Éderson está na mira do Salernitana, da Itália

    Corinthians aguarda proposta do futebol italiano por Éderson

    ver detalhes
  • Paulinho pode reestrear pelo Corinthians nesta terça

    Corinthians divulga relacionados para primeiro jogo da temporada; veja a lista completa

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou os treinos antes da estreia no Paulistão

    Corinthians encerra preparação para estreia do Paulista contra Ferroviária; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Fagner foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva com dois jogos de suspensão pela expulsão nos acréscimos do jogo entre Corinthians e Juventude

    Fagner é suspenso pelo STJD por expulsão na última rodada do Brasileirão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x