Lateral marcado por pênalti infantil na Libertadores será rival do Corinthians na Arena

139 mil visualizações 114 comentários Comunicar erro

Moacir durante um treino em 2010, ao lado de Roberto Carlos, Dentinho e Defederico

Moacir durante um treino em 2010, ao lado de Roberto Carlos, Dentinho e Defederico

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta quarta-feira, diante do Novorizontino, pelo Paulistão, na Arena, o torcedor do Corinthians terá um reencontro com um jogador que não deixou saudade quando passou pelo Parque São Jorge. Trata-se de Moacir, lateral que ficou marcado pelo pênalti infantil que ajudou a encerrar o sonho da conquista da Libertadores no ano do Centenário.

Aos 31 anos, com passagens por Sport, Paraná, Coritiba, Fortaleza e Luverdense, Moacir é uma das armas ofensivas do clube do interior paulista, que tentará repetir o feito do Santo André e bater o Timão em Itaquera. Será o reencontro dele com a torcida que jamais esqueceu o lance de pênalti cometido aos 19 minutos do segundo tempo, no Maracanã.

Após uma enfiada de bola na esquerda, o experiente lateral-esquerdo Juan colocou a bola na frente e deixou que Moacir trombasse com suas pernas, caracterizando a falta dentro da área. Adriano, que viria a jogar no Corinthians no ano seguinte, bateu e fez o único gol. Na volta, a vitória do Timão por 2 a 1 não foi suficiente pelo gol rival fora.

Moacir sendo apresentado no Timão. Jogador atuou 27 vezes

Moacir sendo apresentado no Timão. Jogador atuou 27 vezes

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Destaque na Libertadores de 2009 pelo Sport, Moacir foi contratado pelo Corinthians para a disputa da competição continental no ano do Centenário do Timão. Sob o comando de Mano Menezes, o jogador atuou 27 vezes e não fez gol. Os dados são do Almanaque do Timão.

Em entrevista ao Globoesporte.com quando voltou ao Sport, em 2011, o lateral-direito comentou sobre sua passagem pelo Parque São Jorge. O jogador não escondeu a satisfação de ter vivido o ano do Centenário ao lado de jogadores consagrados, como Ronaldo Fenômeno e Roberto Carlos.

"Minha chegada ao Corinthians foi surreal, pois todo jogador almeja chegar a um time grande. Após ser apresentado, quando fui tomar o café da manhã com todos os jogadores, dei logo de cara com Ronaldo, Edu Gaspar e Roberto Carlos, só feras que você viu jogar quando mais jovem, em Copa do Mundo e Champions League, além de jogar no vídeo game. Demorou uns três dias para ficha cair e, depois disso, tudo voltou ao normal. Fui titular a Libertadores inteira, jogando no lugar de Alessandro. Cheguei a fazer aquele pênalti no Maracanã, contra o Flamengo, e muitas pessoas acham que foi ali que deixei a titularidade. Mas, o Mano Menezes conversou comigo, falou da pressão e que eu precisava sair naquele momento, mas voltei depois no Brasileiro joguei vários jogos, ainda disputei o Paulista de 2011 e a pré-libertadores contra o Tolima até minha lesão", afirmou Moacir, que não chegou a entrar diante dos colombianos.

Veja mais em: Paulistão e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Corinthians foi superior, mas não soube converter suas chances em gol em Joinville

    Com briga no fim e vacilos, Corinthians sai atrás nas quartas da Liga Futsal

    ver detalhes
  • Com apenas 5,6, o volante Ralf foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Torcida do Corinthians poupa Ralf em noite de médias extremamente baixas; reserva é o pior em campo

    ver detalhes
  • Jogadoras do Corinthians Feminino se classificaram em primeiro lugar para as quartas de final

    Corinthians conhece adversário das quartas de final da Libertadores Feminina; saiba os detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians leva a virada e perde para o Cruzeiro por 2 a 1 em Itaquera; Carille foi expulso no segundo tempo

    Corinthians não consegue afastar crise e perde de virada para o Cruzeiro pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu de virada para o Cruzeiro na noite deste sábado

    Com nova derrota, Corinthians pode terminar rodada fora do G6 do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes

Comente a notícia: