Presidente do Corinthians promete filtrar conselheiros entre 'pessoas de bem' e opositores

1.8 mil visualizações 40 comentários

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

Presidente sugere racha na política do Corinthians, mas promete dar mais abertura a pessoas de bem

Presidente sugere racha na política do Corinthians, mas promete dar mais abertura a pessoas de bem

Rodrigo Vessoni /Meu Timão

Os bastidores do Corinthians prometem ficar bastante agitados nos próximos dias devido ao arquivamento do processo de impeachment, decidido na noite dessa segunda-feira, em votação realizada entre conselheiros no Parque São Jorge. Quem fez a projeção foi o próprio presidente Roberto de Andrade, poucos minutos após se safar da possibilidade de afastamento do cargo.

Em entrevista concedida ainda na sede do clube, Roberto de Andrade sugeriu que, a partir de agora, se aproximará mais daquelas figuras políticas que mostraram-se contrárias ao impeachment. Por outro lado, sinalizou "racha" com os cartolas opositores.

"Tudo é aprendizado. Não sei tudo. Estou aprendendo todo dia. O bom disso tudo é que, nesses quatro meses que começou esse movimento político, conseguimos ver quem quer o bem do clube e como consequência o meu bem. Isso é bom para ouvirmos mais essas pessoas, deixar de ouvir alguns... Vamos olhar o lado bom, ouvir quem quer o bem do clube, que é a maioria. Sozinho você não conquista nada. Todos nós precisamos de ajuda", disse.

Fato é que, por 181 votos a 81, o Conselho do Corinthians determinou falta de motivos para a convocação da votação que determinaria a destituição ou não de Roberto de Andrade do cargo de presidente do Corinthians. A Comissão de Ética, bem como o presidente do Conselho (Guilherme Strenger), já haviam sinalizado publicamente nesse sentido.

"Tiramos uma lição muito grande disso tudo. O Corinthians sai fortalecido. Já vimos que o Conselho tem bom senso, pensa no clube. Infelizmente não todos, mas sua grande maioria. Isso vai servir para pacificar o clube. Vamos sentar e a dialogar com as pessoas de bem", completou, se referindo ao resultado", concluiu Roberto de Andrade.

Veja mais em: Impeachment e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Paulo Roberto atuou em 27 jogos pelo Corinthians, marcou um gol e ganhou dois títulos (Paulista e Brasileiro 2017)

    Paulo Roberto entra na Justiça contra o Corinthians e pede R$ 1,2 milhão

    ver detalhes
  • Mateus Vital, Janderson e Davó são três dos quatro atacantes de lado de campo; trio de jovens se junta a Everaldo na opção de velocidade pela beirada

    Corinthians terá cinco opções de lado de campo com saída de dupla; quatro têm menos de 23 anos

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta Palmeiras na próxima quarta-feira, às 21h30

    Duelo entre Corinthians e Palmeiras pelo Paulistão tem horário definido; veja detalhes

    ver detalhes
  • Yony González deixou o Corinthians com apenas quatro jogos; colombiano é o 22º contratado do clube na década que não atingiu as dez partidas

    Yony González é o 12º contratado do Corinthians a não fazer nem cinco jogos na década; veja lista

    ver detalhes
  • Em meio ao caos, um acerto da diretoria do Corinthians

    [Giovana Duarte] Em meio ao caos, um acerto da diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    VÍDEO: Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: