'Ninguém quer fazer negócio com o Corinthians porque não há certeza', diz Roberto de Andrade

'Ninguém quer fazer negócio com o Corinthians porque não há certeza', diz Roberto de Andrade

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

Roberto de Andrade vê clube estagnado durante período de combate ao impeachment

Roberto de Andrade vê clube estagnado durante período de combate ao impeachment

Foto: Divulgação

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, admitiu que o processo de impeachment contra o qual lutou nos últimos quatro meses vinha atrapalhando o clube em algumas tomadas de decisão. Em entrevista concedida na noite da última segunda-feira, no Parque São Jorge, após votação dos conselheiros, o mandatário avaliou o período como de "estagnação".

"Não manchou. Atrapalhou, porque o clube está parado, estagnado há quatro meses. Ninguém quer fazer parceria com o clube porque não há certeza, não se sabe quem estará aqui (na presidência)", declarou, ao ser questionado sobre os males da tentativa de destituição que enfrentou.

"Acho que, com o dia de hoje, as coisas que estavam paradas irão se mexer e dará tudo certo. Assim espero", completou.

Fato é que o Corinthians passou por diversas situações importantes fora do cenário político nos últimos meses. Algumas delas, conforme já havia sido antecipado, tiveram sim influência do processo de impeachment protocolado contra Roberto de Andrade.

O principal deles disse respeito à troca de técnico realizada em dezembro do ano passado. Oswaldo de Oliveira foi demitido, e na ocasião Roberto de Andrade admitiu que tal saída poderia beneficiá-lo na luta contra o impeachment. Por outro lado, ao menos três treinadores teriam recusado ofertas do Corinthians justamente por conta da instabilidade política.

Houve também outras movimentações do Corinthians nos bastidores que tiveram, de alguma forma, influência do cenário político. Contratações de jogadores e negociações com patrocinadores são algumas delas.

Veja mais em: Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes