Sheik diz que a Fiel é diferente e mais fanática que a do Flamengo, e ainda provoca rival

Sheik diz que a Fiel é diferente e mais fanática que a do Flamengo, e ainda provoca rival

Por Meu Timão

468 mil visualizações 417 comentários Comunicar erro

Emerson Sheik ganhou cinco títulos no Corinthians

Emerson Sheik ganhou cinco títulos no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Emerson Sheik está sem clube, mas continua sendo Emerson Sheik. De acordo com o jornal Extra, do Rio de Janeiro, o atacante reafirmará no programa “Aqui com Benja”, que vai ao ar neste sábado à noite no canal Fox Sports, que sua identificação com o Corinthians é maior do que com o Flamengo, e que torcedor corintiano é mais fanático do que o torcedor flamenguista.

“O torcedor corinthiano é mais fanático que o torcedor flamenguista. A torcida é diferente, espero que o torcedor do Flamengo não fique bravo comigo. Por toda a história que vivi no Corinthians, títulos e por ter sido o momento mais mágico da minha vida e família, com meus filhos podendo presenciar, o sentimento é diferente do que o que tenho pelo Flamengo. Minha identificação é maior, fico emocionado quando vejo o pessoal. Foi muito intenso e mágico, tanto como profissional e como ser humano. O Corinthians é o clube que eu sinto mais amor”, afirmou.

Sheik, de acordo com o jornal carioca, ainda aproveitou a entrevista para provocar o São Paulo, clube pelo qual atuou nas categorias de base, antes de ficar conhecido do grande público.

“São Paulo?!? Não é uma lembrança muito bacana... Estou Brincando. O pessoal lá tem uma fama meio estranha. É o que dizem... Descobri a tempo e meti o pé. Ainda bem que sai cedo, mas para o início da carreira foi bacana. Felizmente saí. O pessoal anda falando coisas, o Vampeta fala também”, disse.

Aos 38 anos, Sheik afirmou que pensa em parar em julho do próximo ano, e que não jogaria por Vasco e Palmeiras, maiores rivais, respectivamente, de Flamengo e Corinthians.

O atacante ainda falou sobre a polêmica do selinho no amigo, durante um jantar em São Paulo.

"Uma coisa que ninguém sabe é que o Cássio é que tirou aquela foto. Não tenho nada contra, mas realmente eu gosto de mulher. Não me arrependo do selinho e não entendo a forma que alguns interpretaram. Peço desculpas a quem se sentiu ofendido", afirmou.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians e Emerson Sheik.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes