Em dia de reencontro, Cassini se vê 'responsável' por melhor aproveitamento da base no Corinthians

5.9 mil visualizações 48 comentários

Por Meu Timão

Revelado na base do Corinthians, Cassini deixou o clube em 2015

Revelado na base do Corinthians, Cassini deixou o clube em 2015

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Revelado nas categorias de base do Corinthians, Matheus Cassini deixou o clube do Parque São Jorge sem nem ao menos estrear pela equipe profissional. Hoje atuando pela Ponte Preta, após passagem pelo futebol italiano com o Palermo, o meia-atacante analisou a nova logística do time em relação aos juniores – que vem ganhando mais espaço nos últimos anos.

A minha saída repercutiu muito, o torcedor ficou chateado, muitas pessoas foram contra. Eles (dirigentes do clube) falarem: 'Calma aí, vamos olhar a base'. Deram um passinho nesse sentido. Em todas as Copas São Paulo dos últimos anos o Corinthians fez um papel bom, mas poucos atletas foram promovidos. Depois da minha saída eles pararam para pensar e viram que tinham que usar a base”, comentou Cassini em entrevista ao Lance!.

Sob o comando do técnico Fábio Carille, o Corinthians vem aproveitando melhor os seus talentos da base na equipe profissional – como o lateral-esquerdo Guilherme Arana, o volante Maycon e o atacante Léo Jabá, que concorrem a vaga entre titulares. Para Cassini, que tem apenas 21 anos de idade, a atitude corinthiana é positiva e os jovens jogadores tem respondido à altura.

Eu acho legal o espaço aos garotos, tem muita gente ali com talento, que merece oportunidade. O pessoal quando entra tem mostrado que tem valor, que tem potencial, fico feliz pelos meninos. Acho que tem a ver com o fato de o clube passar por um momento complicado financeiramente, isso influencia. Isso mostra que antes eles poderiam ter dado mais chance à base”, completou.

Agora atuando na Ponte Preta, Cassini já tem um reencontro com o Corinthians agendado. As equipes se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, pela oitava rodada do Campeonato Paulista deste ano. Sobre o confronto, o meia-atacante ressaltou o respeito pelo Timão, mas garantiu que a partida não será encarada de maneira diferente das demais que vem atuando.

“Para mim o jogo contra o Corinthians vai ser como todos os outros, respeito o Corinthians, como os demais clubes. É claro que tem diferença por ter jogado lá, tenho um carinho especial, mas sou profissional da Ponte Preta, tenho que respeitar o meu clube. É inevitável não me relacionar ao Corinthians, pela forma como foi minha saída, mas isso eu deixo de lado, senão pode até me atrapalhar. Me preparei para essa partida como sempre faço”, encerrou.

Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Corinthians em 2015, Matheus Cassini foi vendido ao Palermo em julho do mesmo ano, por R$ 5,1 milhões. Mesmo sendo o responsável pela formação do jogador, o Timão teve direito a 70% da quantia (cerca de R$ 3,6 milhões). O restante foi repassado à Art Sports, empresa que agencia a carreira do atleta.

Veja mais em: Base do Corinthians e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x