Carille aponta erros do Corinthians, lamenta lesão de Balbuena e defende Jadson

4.5 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Carille viu Timão empatar com a Ponte fora de casa

Carille viu Timão empatar com a Ponte fora de casa

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

O técnico Fábio Carille esclarece alguns pontos do empate por 1 a 1 do Corinthians com a Ponte Preta, na tarde deste domingo, em Campinas, pelo Paulistão. Em entrevista coletiva, o treinador analisou o desempenho do Timão no estádio Moisés Lucarelli e afirmou que o curto período de preparação foi determinante para o tropeço longe de casa.

“Muito parecido com (a vitória sobre) o Audax hoje. Tínhamos a proposta de marcar lá em cima, mas pelo desgaste de quinta (contra o Luverdense) e pelo calor, mudamos um pouco. A Ponte procurou jogar no nosso erro, e as chances que eles tiveram, a maioria, foram no nosso erro mesmo”, analisou Carille.

Ao longo da entrevista, comandante corinthiano foi questionado sobre a equipe que mandou a campo neste domingo. Apenas sete titulares atuaram diante da Ponte Preta, que foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar com Lucca. Para Carille, a escalação foi baseada em testes físicos e na conversa que teve com cada atleta.

“Vim com os melhores. Foi conversado atleta por atleta ontem à tarde. Fui conversando no quarto de um por um para saber as reais condições”, disse, lamentando a lesão sofrida por Balbuena no fim da segunda etapa. “Infelizmente vamos perder o Balbuena por um tempo ainda. Temos que ter esses cuidados nessa fase do campeonato”, projetou o treinador.

O gol do Timão foi marcado pelo zagueiro Léo Santos, que entrou no lugar de Balbuena, com dores na coxa direita, e determinou o empate com sabor de vitória. Jadson, principal contratação para a temporada, foi discreto, mas acabou defendido por Carille.

“Jogar aqui é sempre muito difícil. Sei do potencial do Jadson e sei que ele vai passar por esse processo, hoje era o terceiro jogo seguido e já sentiu, faz parte. Temos três dias para preparar para o Luverdense com força total. Conseguimos uma grande vantagem lá. No domingo pode ser que a gente faça algumas mudanças, mas tem tempo ainda”.

“A gente precisa de mais. Hoje alguns jogadores foram abaixo do normal. O Rodriguinho vinha machucado e agora fez uma sequência, o Jadson, o Jô, estão melhorando e trabalhamos para que fique muito melhor”, concluiu.

O Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira, diante do Luverdense-MT, às 19h30 (de Brasília), na Arena, pelo confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

Veja mais em: Fábio Carille, Jadson, Balbuena e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes
  • O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    [Mayara Munhoz] O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: