Chicão revela palpite em desafio do Corinthians pela Copa do Brasil

Chicão revela palpite em desafio do Corinthians pela Copa do Brasil

Por Meu Timão

5.2 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

Chicão é considerado um dos principais ídolos da recente história alvinegra

Chicão é considerado um dos principais ídolos da recente história alvinegra

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Segundo maior zagueiro-artilheiro da história do Corinthians e muito querido pela Fiel, Chicão se manifestou sobre o momento do clube. Aos 38 anos e já aposentado desde julho da temporada passada, Chicão alertou o Timão a respeito do compromisso desta quinta-feira, pela Copa do Brasil, diante do Luverdense.

“Não, não é bem assim (já está classificado). Conseguiu um bom resultado fora e agora vai jogar diante do torcedor na Arena. Com todo respeito a equipe do Luverdense, eu vejo o Corinthians muito mais a frente até pelo fato de ter conquistado um bom resultado, mas futebol temos que saber que se resolve dentro de campo. Se o Corinthians entrar de salto alto, achar que já está classificado, que vai ser fácil, que não precisa correr, não precisa marcar, vai pagar caro", comentou Chicão, em entrevista ao torcedores.com.

Consciente da dimensão e força do Timão, o ex-jogador depositou suas fichas na classificação alvinegra. Preocupado somente com a acomodação devido ao placar de 2 a 0 no jogo de ida, Chicão ressaltou o potencial do Corinthians jogando com o apoio da Fiel, citando o claro favoritismo do clube.

"Mas acredito que o Corinthians está com a classificação bem encaminhada. Eu acredito que (ganhe por) uns 3 a 0. O Corinthians vai estar jogando em casa, diante do seu torcedor. O clube é favorito, tem um respeito pelo Luverdense, como falei, mas acredito que o Corinthians é favorito até pelo fato de ter a vantagem e estar jogando em casa”, acrescentou.

Por fim, questionado em relação à fase que vive Fábio Carille no Corinthians, Chicão aprovou o trabalho do treinador. Embora o profissional esteja conseguindo uma sequência positiva de resultados, Chicão entende que o tempo é a única ferramenta necessária para Carille atingir patamares maiores no Timão.

“Claro que precisa de um tempo. O Carille começou esse ano, tem o estilo dele agora, tem tudo para ser um grande treinador também, mas temos que ter calma porque é início de trabalho", finalizou Chicão, confiante com o atual comando técnico do Corinthians.

Corinthians e Luverdense medem forças nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena Corinthians. Vale lembrar que o embate possui validade pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil - o Timão venceu a partida de ida por 2 a 0, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Em seis anos de Corinthians, Chicão faturou oito títulos, são eles: Série B do Campeonato Brasileiro (2008), Campeonato Paulista (2009 e 2013), Copa do Brasil (2009), Campeonato Brasileiro (2011), Libertadores da América (2012), Mundial de Clubes da FIFA (2012) e Recopa Sul-Americana (2013).

Veja mais em: Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Arena Corinthians é a casa do Timão desde maio de 2014

    Fundo da Arena Corinthians abate R$ 260 milhões de dívida com Odebrecht

    ver detalhes
  • Gustavo comemora o gol contra o Racing, em confronto pela primeira fase da Copa Sul-Americana de 2019

    Gustagol tem o maior número de finalizações de cabeça do Brasil e média impressionante de gols

    ver detalhes
  • Lucas Bellote apitará primeiro jogo oficial do Corinthians

    No Majestoso, árbitro faz estreia oficial em jogos do Corinthians; 8 a 0 e amistoso no currículo

    ver detalhes
  • VÍDEO: Estagiário responde: Por que o meio-campo não funciona?

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes