Carille pontua erros do Corinthians e abre o jogo sobre frustração da torcida

3.9 mil visualizações 53 comentários

Timão de Fábio Carille está na quarta fase da Copa do Brasil

Timão de Fábio Carille está na quarta fase da Copa do Brasil

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

O empate por 1 a 1 com o Luverdense evidenciou uma falha do Corinthians que pode se tornar maior se não for trabalhada pelo técnico Fábio Carille: a falta de pontaria dos homens de frente da equipe. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, na Arena, o comandante elogiou o setor de criação do time e admitiu que a série de chances desperdiçadas, principalmente no segundo tempo, requer atenção especial.

“Fizemos um jogo em que merecíamos fazer mais gol. Foi o jogo em que mais criamos, mais chegamos na cara do gol do adversário. No segundo tempo voltamos a criar com Jadson, bolas paradas, Kazim, chegada pelos lados com o Arana. Pela direita também com o Fagner. Faltou isso mesmo que a gente está buscando mais, precisão e tranquilidade para finalizar”, analisou Carille, que negou ter faltado concentração dos atacantes.

“Não, faltou não. Cobrei muito isso nos últimos dias, muitas vezes você vem jogar com a guarda baixa em casa, mas não vi isso. Tivemos erros de passes e alguns de finalizações, são erros que temos de corrigir”, pontuou o treinador alvinegro.

Após o apito final, parte dos 25 mil torcedores que foram a Itaquera vaiaram – ainda que em baixo som – o Timão. Questionado sobre a postura da Fiel perante a uma classificação do Corinthians, Carille foi pragmático.

“Normal, o torcedor vê nossa sequência sem perder e buscando gols, buscando melhorar sempre. Vejo com normalidade. A nossa busca de trabalho é essa. Tem de ter paciência, estamos trabalhando muito para melhorar. Estamos classificados, amanhã ficamos sabendo quem é o adversário e onde é o primeiro jogo. Estamos no caminho para melhorar”, sintetizou.

Classificado para a quarta fase da Copa do Brasil, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, diante da Ferroviária, às 16h (de Brasília), em Araraquara. De acordo com Carille, o time deverá ser mesclado por jogadores considerados titulares com reservas.

“Muito provável que aconteçam algumas mudanças. Só no sábado vamos saber. Amanhã (sexta-feira) é dia de recuperação, e aí vamos ver a situação de cada um e saber qual caminho tomar”, finalizou.

Veja mais em: Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Nesta segunda-feira, Sylvinho completa quatro meses no cargo de treinador do Corinthians; pressão de parte da torcida é enorme nas redes sociais

    Pressionado para sair, Sylvinho completa quatro meses como treinador do Corinthians; Dérbi vem aí

    ver detalhes
  • Vitor Galvani, técnico do Sub-20 do time de basquete do Corinthians e assistente técnico na equipe profissional, concede entrevista ao Meu Timão

    Auxiliar do basquete do Corinthians comenta sobre saída de Fuller e reformulação na equipe

    ver detalhes
  • Na temporada atual, Corinthians apresenta pior aproveitamento desde a inauguração da Neo Química Arena em 2014

    Corinthians mantém pior média da Neo Química Arena da história e é o terceiro pior mandante do BR-21

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians volta ao CT Joaquim Grava na tarde desta segunda-feira

    Agenda do Corinthians: Dérbi em dose tripla, compromissos na base e no basquete

    ver detalhes
  • Contratos assinados pelos clubes com TV Globo e Turner serão cumpridos até 2024

    Presidente Jair Bolsonaro sanciona Lei do Mandante, mas veta um artigo; veja o que muda

    ver detalhes
  • Sylvinho explicou não utilização de Róger Guedes, Giuliano, Renato Augusto e Willian juntos em campo

    Sylvinho explica motivos para não utilizar o quarteto do Corinthians ao mesmo tempo neste domingo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x