Corinthians esclarece especulações e confirma conversa com Coritiba sobre Guilherme

Corinthians esclarece especulações e confirma conversa com Coritiba sobre Guilherme

8.1 mil visualizações 95 comentários Comunicar erro

Guilherme deve ficar no Corinthians. Ao menos por ora

Guilherme deve ficar no Corinthians. Ao menos por ora

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Depois de acertar o empréstimo do meia Marlone ao Atlético-MG, em troca que envolveu a chegada do atacante Clayton, o Corinthians deve colocar o pé no freio em relação a possíveis novas negociações. Em entrevista na zona mista da Arena Corinthians após o empate por 1 a 1 com o Red Bull Brasil, na noite dessa quinta-feira, pelo Paulistão, o gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes, negou que Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme estejam de saída.

“De novo retomou alguns temas relacionados a Santos e Marquinhos Gabriel, não teve nenhum contato. Se fala muito de Giovanni Augusto no Internacional, mas também não chegou nada ao Corinthians. O que chegou foi realmente a questão do Guilherme com o Coritiba, e nós passamos ao Guilherme e ao empresário dele, mas é uma coisa que não está andando”, revelou Alessandro.

Em baixa no Corinthians, Guilherme é visto com bons olhos pela diretoria paranaense, que reivindica parte do pagamento referente à venda do atacante Kazim ao time alvinegro, firmada no início da temporada. O meia, entretanto, se mostrou contra ao possível empréstimo.

“Muitas coisas acontecem, muitos clubes nos procuram, e por respeito a gente passa algumas coisas pelo menos para o seu agente. A única coisa que apareceu foi o Coritiba, que ele teve ciência por meio do seu empresário. Nos outros casos não teve nada”, ressaltou o gerente, acrescentando ainda que não houve recusa por parte do camisa 10 a respeito da possibilidade de defender o Coritiba.

“Não houve uma recusa. Eu só comuniquei ao empresário dele e depois não conversamos mais. Não teve uma proposta oficial na mesa, foi uma consulta inicial que não teve andamento depois”.

Alessandro também comentou a situação de Guilherme, hoje considerado reserva da equipe do Timão. Para o dirigente, o armador tem qualidade para despontar no clube e não será tratado como “moeda de troca”.

“Eu não usaria ‘moeda de troca’, porque acaba desvalorizando o atleta, ele tava relacionado, entrou no jogo, não é bem isso. Até porque se virar uma moeda de troca, você acaba tirando ele de coisas importantes, e não é o caso. Na minha opinião, tem excelente nível técnico, completando um pouco mais de um ano no Corinthians, teve algumas oportunidades, e em cima dessa montagem coletiva pode faltar algum ajuste individual. Não existe falta de comunicação, tudo que chegar relacionado a qualquer atleta a gente faz contato com os agentes, se for para falar com os jogadores, também falamos. É importante esse tipo de contato, debater um pouquinho. Em relação à parte mais técnica, deixo com o Carille”, finalizou.

Veja mais em: Guilherme, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Alessandro, Diretoria do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes
  • Em noite ruim, Timão pouco incomodou Grêmio e foi superado pelo placar mínimo

    Veja a posição do Corinthians ao fim do primeiro turno do Brasileirão-2018

    ver detalhes
  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians chegou à terceira vitória em oito jogos no Estadual

    Corinthians embala no fim, bate São José e chega à terceira vitória no Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes