Técnico da La U surpreende em discurso e exalta duelo na Arena Corinthians

Técnico da La U surpreende em discurso e exalta duelo na Arena Corinthians

11 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

Para treinador da La U, primeiro embate com Corinthians foi

Para treinador da La U, primeiro embate com Corinthians foi

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

O técnico da Universidad de Chile, Guillermo Hoyos, evitou apontar culpados pela derrota de sua equipe para o Corinthians, nesta noite de quarta-feira, na Arena, por 2 a 0. Em entrevista coletiva, o treinador argentino rendeu elogios à postura dos dois times no confronto de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

“A derrota dói por tudo, pelos três pontos, felicito aos jogadores porque jogaram como homens. Nosso time enfrentou um grande rival, com boa qualidade, no campo do adversário. Não é fácil vir assim ao Brasil com tudo o que significa o Brasil e o Corinthians. Todavia faltam 90 minutos em Santiago e temos confiança que podemos fazer um bom jogo lá”, disse Guillermo.

Foi um jogo de grandes e os grandes se enfrentam dessa forma. Nós buscamos atacar e não ficar apenas na defesa, usar nosso estilo de jogo, mas acabamos caindo diante de um rival bastante qualificado”, frisou o comandante da La U.

Mesmo dentro de seus domínios, o Corinthians viu uma Universidad de Chile propondo o jogo, apostando na posse de bola ao longo do primeiro tempo. Após o intervalo, porém, Fábio Carille acertou a marcação dos homens de meio de campo e colocou o Timão para frente. Os gols alvinegros foram marcados por Rodriguinho, que ficou com a sobra dentro da pequena área, e Jadson, dono de lindo arremate de média distância.

“Eu sempre penso que as coisas não acontecem porque também tem um adversário, que tem sua hierarquia, seu trabalho. Tem muita capacidade, qualidade e isso fica difícil, fica difícil chegar com liberdade. Estamos muito contentes com a produção e a forma de atuar da equipe. São homens de muito valor os nossos, que, diante de um grande rival, por diferentes situações, não levaram nada a Santiago”, concluiu Hoyos.

Corinthians e Universidad de Chile voltam a se enfrentar apenas no dia 10 de maio, em Santiago, no Chile. Antes disso, o time do Parque São Jorge se volta à disputa do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. O próximo compromisso será no domingo, frente ao Botafogo-SP, valendo vaga nas semifinais do estadual.

Veja mais em: Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Elenco do Corinthians oscilou muito e chega com "patamares alterados" para 2019

    Do início ao fim: a trajetória do elenco do Corinthians durante o ano e como cada um chega para 2019

    ver detalhes
  • Mantuan será jogador da Ponte Preta em 2019

    Corinthians empresta volante Guilherme Mantuan à Ponte Preta

    ver detalhes
  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes
  • Marciel está fora dos planos da comissão técnica do Corinthians para 2019

    Sem aval de Carille, Marciel não retorna ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes