Contrato entre Corinthians e Caixa chega à semana final; entenda o que dificulta renovação

Contrato entre Corinthians e Caixa chega à semana final; entenda o que dificulta renovação

Por Meu Timão

5.7 mil visualizações 64 comentários Comunicar erro

Caixa deve deixar uniforme do Timão a partir de segunda-feira

Caixa deve deixar uniforme do Timão a partir de segunda-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians pode, a partir da semana que vem, ver o principal espaço de seu uniforme vazio. O contrato atual com a Caixa Econômica Federal, patrocinadora master do Timão desde 2012, se encerra nos próximos dias sem qualquer indício de renovação.

Corinthians e Caixa conversam desde as primeiras semanas de 2017. A princípio, a diretoria do clube alvinegro não estava disposta a renovar o acordo com o banco pela mesma quantia, R$ 30 milhões, mas mudou de postura. A empresa estatal, por sua vez, manifestou interesse em estender o vínculo somente até dezembro, ou seja, por mais oito meses – a ideia é patronizar o período de todos os patrocínios de times de futebol.

Caso haja o “sim” de ambas as partes pela renovação, o valor a ser embolsado pelo Timão será proporcional, considerando que nenhum reajuste será proposto pela instituição financeira.

De acordo com o portal Uol, a diretoria corinthiana pediu R$ 2,5 milhões mensais até o fim da temporada para ceder o peito de sua camisa à marca. Em contrapartida, a Caixa propôs montante inferior, cerca de R$ 2,2 milhões. Nesse cenário, o presidente Roberto de Andrade, auxiliado pelo departamento de marketing do clube, bate o pé por tempo maior de contrato, ao menos até abril de 2018.

Em entrevista recente, Fernando Salles, diretor de marketing do Corinthians, falou a respeito do imbróglio. “A maior preocupação não é com a parte financeira, é com outros ativos. São propriedades que a Caixa está vetando em parcerias com outras instituições, e nós estamos tentando liberar”, minimizou o dirigente. Há a preocupação de que a empresa vete eventuais negócios do clube, por exemplo, a comercialização de cartões de débito e crédito com a marca da equipe feita por outro banco.

Para os dois compromissos do Corinthians agendados nesta semana, o jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil e o primeiro duelo das semifinais do Paulistão, a Caixa segue estampada no uniforme alvinegro.

Veja mais em: Patrocinador do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Corinthians passou a levar mais torcedores na Arena após diminuição dos valores

    Corinthians diminui valor de ingresso e vê médias de público e renda aumentarem no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes