Caíque França relembra estreia como titular e comenta relação com o Corinthians

Caíque França relembra estreia como titular e comenta relação com o Corinthians

Por Meu Timão

2.3 mil visualizações 27 comentários Comunicar erro

Uma das grandes joias da base do Corinthians, o goleiro Caíque França comentou sua estreia como titular entre os profissionais na equipe alvinegra. Ressaltando a forte relação que sustenta com o time do Parque São Jorge, o arqueiro celebrou o aumento das oportunidades para os jogadores revelados na base do clube.

Caíque conquistou uma vaga entre os titulares do técnico Fábio Carille durante a vitória de 3 a 1 do Timão sobre o Linense, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, no último dia 30 de março. Atuando em plena Arena Corinthians, o jogador ocupou o lugar de Cássio, que foi poupado, e do goleiro reserva Matheus Vidotto, que se machucou momentos antes da partida.

Questionado sobre a emoção da estreia, Caíque relembrou um fato curioso: ele nem ao menos estava no estádio para a realização do duelo. "Eu estava na estrada, indo viajar, quando o André ligou e falou: 'Você já tá no estádio? o Matheus machucou'. E eu nossa, estou longe, ein. Aí já coloquei no Waze, fiz o retorno, sentei a bota e consegui chegar bem na hora", contou o goleiro em entrevista ao quadro “Crias do Terrão”, da Corinthians TV, canal oficial do Timão no Youtube.

"Mas foi uma experiência diferente, ainda bem que deu tudo certo. Eu me senti feliz. A gente tá aqui trabalhando para ter uma chance, quando eu fiquei sabendo eu fiquei contente e procurei dar o meu melhor", completou.

Quando ao apoio da Fiel na estreia, o goleiro foi só elogios. "Tô no Corinthians desde os oito, sete anos de idade mais ou menos. Então, eu conheço bem a torcida do Corinthians e desde a hora que começou o jogo eles me apoiaram. Foi uma experiência ótima e só me ajudaram", afirmou.

Aos 21 anos, Caíque França tem uma história de longa data com o Corinthians. Entre os juniores do Parque São Jorge desde as categorias infantis, o jogador chegou aos profissionais em 2016. Antes de sua estreia como titular, o jogador já havia ido a campo em outras três ocasiões: diante do Botafogo (Brasileiro 2016), contra o Vasco (Florida Cup) e contra a Ferroviária (amistoso).

"Meu sonho, aquele que você tem de criança, eu já realizei. Eu nasci no Corinthians, então meu sonho era me tornar profissional aqui e eu consegui. A gente sempre almeja coisas maiores, mas por enquanto eu tô bem realizado", finalizou.

Confira a entrevista na íntegra

Veja mais em: Base do Corinthians e Caíque.

Veja Mais:

  • Corinthians e São José se enfrentam na noite desta quarta-feira

    Fora de casa? Sem problema! Final da Liga Ouro tem transmissão na TV nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes
  • Maldonado atendeu a reportagem do Meu Timão no hotel na cidade de Atibaia

    Maldonado relembra estágio no Corinthians e cita três jogadores que gostaria de levar ao Colo-Colo

    ver detalhes
  • Eduardo Barroca é técnico do Sub-20 do Corinthians há pouco mais de duas semanas

    Novo técnico do Corinthians Sub-20 é convocado como auxiliar da Seleção Brasileira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes