Carille se põe como aprendiz de Tite e agradece técnicos com quem trabalhou no Corinthians

Carille se põe como aprendiz de Tite e agradece técnicos com quem trabalhou no Corinthians

Por Meu Timão

3.6 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

Carille trabalha no Corinthians desde 2009; foi auxiliar de Tite nas duas passagens do treinador

Carille trabalha no Corinthians desde 2009; foi auxiliar de Tite nas duas passagens do treinador

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Uma das características mais marcantes do possível título paulista do Corinthians em 2017 é, sem dúvida, o trabalho de repentino sucesso do técnico Fábio Carille. Auxiliar até meados de dezembro do ano passado, ele passou de "aprendiz" de Tite para finalista daquele que para muitos é o principal Estadual do futebol brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, Carille falou justamente sobre sua relação não apenas com Tite mas também com outros treinadores com quem trabalhou no Corinthians desde 2009. O técnico alvinegro fez questão de agradecê-los, além de se dizer parecido com o atual comandante da Seleção Brasileira.

"Tenho muitas pessoas para agradecer, começando pela diretoria, que acreditou. Foram atrás de outros profissionais e não conseguiram. Depois, tomaram a decisão de definir (...) De treinadores, o Mano e o Sidnei, que abriram as portas para vir para cá. Aprendi muito com eles na organização de linha defensiva. Depois, tive o privilégio de trabalhar com o Tite, que sou muito parecido. Ficaria até domingo para agradecer todo mundo. Meu primeiro técnico no profissional, o Vilson Tadei. São muitos", discorreu.

No decorrer da entrevista, Carille foi bombardeado de perguntas a respeito de seu estilo de trabalho, que por muitas vezes é comparado ao de Tite - rodízio de capitães, liberdade aos auxiliares-técnicos e divisão de treinos entre defesa e ataque são algumas das lições que o atual treinador corinthiano parece ter herdado do "professor" Adenor.

"Eu sou assim. Não adianta ser o que não é. O aprendizado que trago com Tite sempre ouvi muito. Ouvi muito aqui "Fábio é bonzinho, não grita". O Tite também é assim. O tempo com o Tite me mostrou que você também pode chegar assim. Eu sou assim e acho que é a grande marca do meu trabalho o dia a dia, nos bastidores, saber levar vestiário, ambiente", falou.

"Eu não tenho vergonha nenhuma de falar, os treinamentos são abertos. A linha de trabalho é a mesma do Tite. Esse vínculo, aos poucos, podem parando de falar, mas vai ainda mais um tempo. Eu trato numa boa, é uma pessoa que respeito muito", completou

Comparações com Tite à parte, Carille está muito próximo de conquistar um título que o Corinthians havia vencido pela última vez justamente sob comando de Adenor. Título esse, por sua vez, que pode ser o primeiro de Fábio em sua carreira profissional, passado menos de um semestre de trabalho à frente do Timão.

"Conquistar o título é um sonho, uma mudança, não tem como não falar. Começar aqui, ser campeão do estadual mais difícil, é difícil jogar no interior... Pode ter certeza que é um salto, sim. É marcante", concluiu.

Vale lembrar que Corinthians e Ponte Preta se enfrentam na tarde deste domingo, na Arena, pelo jogo de volta da final do Campeonato Paulista. O Timão venceu o duelo de ida, em Campinas, na semana passada por 3 a 0.

Veja mais em: Fábio Carille e Tite.

Veja Mais:

  • Desfalques por suspensão contra Internacional, Ralf treinou no CT do Corinthians

    Com reservas em ação, Corinthians dá início a preparação para decisão na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Michel Macedo chegou a negociar com o Corinthians no meio da temporada

    Corinthians volta a negociar com o lateral-direito Michel, ex-Las Palmas; atleta viria em definitivo

    ver detalhes
  • Em posição irregular, Leandro Damião anotou gol ilegítimo sobre Corinthians

    Auxiliar que prejudicou Corinthians contra o Internacional é afastado da Série A

    ver detalhes
  • Ralf pode retomar titularidade para decisão contra os cariocas

    De provável retorno a possíveis novidades: o panorama do Corinthians para a decisão de quarta-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes