Condições do gramado da Arena Corinthians incomodam Cássio: 'Deu uma queda'

Condições do gramado da Arena Corinthians incomodam Cássio: 'Deu uma queda'

Por Meu Timão

5.3 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Cássio em ação na semifinal contra São Paulo; goleiro diz que campo da Arena está 'úmido por baixo'

Cássio em ação na semifinal contra São Paulo; goleiro diz que campo da Arena está 'úmido por baixo'

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Referência no futebol brasileiro desde a inauguração da Arena Corinthians, em maio de 2014, o gramado do estádio foi alvo de crítica do goleiro Cássio no dia posterior à conquista do Campeonato Paulista 2017, diante da Ponte Preta, na mesma Itaquera. Para o experiente jogador, que chegou a escorregar ao bater um tiro de meta durante a decisão estadual, a qualidade do campo caiu de 2016 para cá.

“Teve uma queda também, não sei se por muitos jogos, acho que se pegasse o ano passado era referência. Deu uma queda na condição do gramado. Ele está muito úmido por baixo, não sei se é problema na irrigação do gramado. Está demorando muito para recuperar, não está conseguindo recuperar como antes”, disse Cássio em entrevista ao canal por assinatura FOX Sports.

Cássio foi questionado justamente sobre o escorregão que levou ao longo do empate por 1 a 1 com a Ponte Preta. Sincero, o arqueiro disse não saber se a responsabilidade pelo cuidado com o campo seria do Corinthians ou de outra empresa terceirizada.

“A gente não sabe também. Não sei quem controla, mas acho que deve ser conversado. Por baixo ele está muito molhado, isso dificulta para ter segurança de pular numa bola”, concluiu o camisa 12.

Em janeiro, o gramado da Arena passou por um processo de revitalização para a temporada de 2017. A manutenção foi realizada pela World Sports, empresa especializada em campos de futebol. Ao todo, foram utilizadas cerca de 2,5 toneladas de fertilizante – relembre todas as etapas do procedimento aqui.

Confira outros trechos da entrevista de Cássio

Volta por cima no Corinthians

A cobrança aqui é muito grande, estou sujeito a isso, mas estou me sentido confortável quanto a isso. Oscilei na metade do campeonato (2016), mas essas coisas servem de crescimento. Continuei trabalhando, fiz uma pré-temporada muito boa, venho sendo muito regular no gol do Corinthians. São coisas que venho aprendendo no decorrer dos anos. Muitas vezes somos criticados, a maioria das vezes a gente acha que é algo pessoal, eu não acho, muitas críticas que vieram foram para o meu crescimento, para a minha evolução. Espero que a gente tenha um segundo semestre muito bom e de muitas conquistas.

O que realmente aconteceu em 2016?

Acho que, primeiramente, como tu falou, no momento em que o Walter virou titular, por respeito a ele, eu preferi não falar. E quando eu falei, fui muito mal (risos). Sou uma pessoa normal, erro como todo mundo e tenho que ter a humildade para falar. Perdi minha avó, que sempre foi minha referência. Essa duas pancadas, de ter perdido minha avó e a titularidade, questão de peso que culminou na mina posição... Acho que foi isso. Sentei, conversei. ‘Ah, mas o Cássio tem problema com o Tite...’. Não, o Tite foi a primeira pessoa que sentou, conversou, me mostrou por que eu tinha perdido a posição. Não foi pela técnica, foi pelo peso, por não ter me cuidado. Foi o principal elemento por ter perdido minha posição no Corinthians.

Onde o Corinthians pode chegar?

Acho que, para o Campeonato Brasileiro, temos que pensar jogo a jogo, não podemos pensar na lá na frente, o que pode acontecer daqui dez, 20 partidas. Você sempre almeja ganhar títulos, mas é jogo a jogo. O fator casa, a torcida alotar nosso estádio, o Campeonato Brasileiro é fundamental e decidido por times que vencem em casa. Temos que levar isso para o Brasileiro, mas temos que pensar jogo a jogo, almejar a Libertadores, buscar o título brasileiro.

Veja mais em: Cássio, Arena Corinthians e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jonathas está na mira do Corinthians; atacante está no Hannover, da Alemanha

    Uma contratação, uma baixa e duas negociações: como se reapresenta o Corinthians pós-folga

    ver detalhes
  • Éric Cantona utilizou imagem de Sócrates para criticar Neymar

    Ídolo francês usa foto de corinthiano Sócrates para dar indireta a Neymar

    ver detalhes
  • Goleada da Inglaterra inspirou memes de corinthianos

    Torcida do Corinthians usa goleada da Inglaterra para provocar São Paulo nas redes sociais

    ver detalhes
  • Bernard, Marinho e Sánchez são algumas sugestões da Fiel ao Corinthians

    Sete sugestões de contratação da Fiel ao Corinthians para o segundo semestre de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes