Citando corinthianos como exemplo, Jadson projeta volta à Seleção Brasileira

2.7 mil visualizações 30 comentários

Por Meu Timão

Com Rodriguinho e Fagner como exemplos, Jadson sonha com a Seleção Brasileira

Com Rodriguinho e Fagner como exemplos, Jadson sonha com a Seleção Brasileira

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Em boa fase no Corinthians, o meia Jadson já projeta um desafio maior no mundo do futebol: sua volta à Seleção Brasileira. O jogador comentou a preparação para o projeto futuro e garantiu que se espelha no meia Rodriguinho e no lateral-direito Fagner, escolhidos pelo técnico Tite para os próximos amistosos da equipe nacional. Além disso, o atleta também se lembrou de outros jogadores do Timão que também visam uma chance entre os convocados.

“A Seleção tem muitos jogadores de qualidade, mas a esperança é a última que morre. É sonhar e trabalhar firme. Quem sabe eu possa receber uma chance como Rodriguinho e Fagner. O Cássio e o Jô estão esperando também, mas sei que é complicado. Tem que estar na ponta do casco e a equipe tem que estar bem para ter visibilidade. Tenho isso na cabeça e tem que estar sonhando”, disse Jadson em entrevista ao Esporte Interativo.

A primeira convocação do meia corinthiano à Seleção foi em 2011, quando ainda atuava pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Na ocasião, a equipe canarinha era comandada pelo técnico Mano Menezes e seguia rumo a um amistoso contra a França. Jadson chegou a ser convocado em 2013 pelo treinador Luiz Felipe Scolari, o “Felipão”, para a disputa da Copa das Confederações. Desde então, não apareceu entre os escolhidos para o time brasileiro.

Voltando a convocação do amigo e companheiro de equipe Rodriguinho, Jadson exaltou as qualidades do corinthiano e o entrosamento que sustenta com o meia – com quem atuou na conquista do Campeonato Brasileiro de 2015 do Timão. "O Rodriguinho se destaca desde o ano passado. Conseguiu fazer bons jogos, é um cara tranquilo e me dou muito bem. Ele é merecedor. Isso aí ajuda o grupo. Ele foi convocado para a Seleção merecidamente e temos que apoiá-lo”, garantiu.

“Temos tentado dentro de campo mais entrosamento. Tive poucas oportunidades de jogar com ele em 2015, mas nas oportunidades deu pra ver que é um jogador de qualidade e isso agrega muito. Fora de campo nós dois nos encontramos, já foi na minha casa, foi na festa do título do paulista que fiz, temos esse entrosamento fora de campo”, finalizou.

Veja mais em: Jadson, Rodriguinho, Fagner e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Gustavo Mosquito retorna ao Corinthians após empréstimo ao Paraná

    Gustavo Mosquito é regularizado pelo Corinthians e pode ser relacionado para duelo com Grêmio

    ver detalhes
  • Otero é pretendido pelo Corinthians e pode chegar para concorrer com Mateus Vital

    Otero recebe elogios de Vital, possível concorrente por vaga de titular no Corinthians

    ver detalhes
  • Jô comemorando seu gol contra o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Como o número de participações em gol de Jô no Corinthians mais do que dobrou desde 2017

    ver detalhes
  • Roda gigante que será construída no Parque São Jorge, de acordo com o candidato Augusto Melo

    Candidato promete revitalizar Parque São Jorge com parque temático e até roda gigante; veja imagens

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta graves problemas financeiros durante a pandemia

    Corinthians define acordo com América-MG e pagará dívida de R$ 3 milhões em 12 parcelas

    ver detalhes
  • Mercado da bola ao vivo: Corinthians vai às compras e Tiago Nunes pede devolução de emprestado

    VÍDEO: Mercado da bola ao vivo: Corinthians vai às compras e Tiago Nunes pede devolução de emprestado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: