Jô ignora clássico sem gol e ressalta cobrança sadia da torcida do Corinthians

Jô ignora clássico sem gol e ressalta cobrança sadia da torcida do Corinthians

Por Meu Timão

2.2 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Apesar de passar em branco, Jô fez grande Majestoso neste domingo

Apesar de passar em branco, Jô fez grande Majestoso neste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Invicto em clássicos na temporada, o Corinthians chegava cercado de expectativa para o duelo contra o São Paulo, válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Além da confiança na equipe alvinegra, o torcedor depositava maior esperança em Jô, que havia marcado em todas as partidas envolvendo rivais até o momento.

Com tamanho retrospecto, é normal que os defensores adversários apertem a marcação no centroavante. Sem marcar na vitória por 3 a 2 deste domingo, o camisa 7 foi importantíssimo na construção do placar pelo Corinthians, efetuando bem suas funções dentro de campo. Por isso, saiu satisfeito do gramado de Itaquera, negando qualquer tipo de pressão.

"Não existe nenhuma pressão para marcar todo clássico. A torcida do Corinthians é uma cobrança muito sadia, muito boa, mas sabia que uma hora não ia acontecer. O importante é ajudar o Corinthians de alguma maneira e eu ajudei me movimentando, finalizando e fazendo o meu papel de pivô ali. Tanto que até saiu um gol pela minha finalização de direita, então estou muito feliz pelos três pontos", comemorou o jogador após a conquista dos três pontos.

Leia também:
Oito gols em dois jogos: Carille comemora e explica transformação ofensiva do Corinthians
Jô vibra com vitória sobre São Paulo: 'Corinthians se entrega, corre, evolui, se movimenta...'

O bom futebol em clássicos tem incentivado demais a Fiel, que comparece cada vez em mais números nos jogos da Arena. O apoio tem sido essencial, principalmente contra os rivais, que costumam fazer partidas duras contra o Corinthians. Neste domingo, a torcida bateu o recorde de público da Arena neste Brasileirão.

"Isso é a confiança do torcedor na gente. Contra o São Paulo é natural, é um clássico como também contra o Palmeiras e o Santos. A rivalidade tem aumentado nos últimos anos, contra o Palmeiras também é muito grande, mas contra o São Paulo tem crescido muito. Eles vem, eles lotam e estão de parabéns, só tem nos incentivado e apoiado", disse o atacante.

Com mais uma vitória contra rivais locais, o Timão chegou aos 16 pontos na classificação do Brasileirão, mantendo-se na liderança da competição. Ganhando confiança a cada rodada, os comandados do Carille pregam a humildade e a necessidade de evolução da equipe, afastando qualquer tipo de favoritismo. Jô não foi diferente.

"Não podemos nos considerar favoritos por que ainda estamos na sexta rodada agora, tem muita coisa para acontecer. O time tem evoluído muito, vem mostrando que é merecedor de onde está. Mas tem muito para crescer ainda para entrar entre os favoritos", afirmou.

Veja mais em: e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes