Antes de reencontro, Carille aponta trunfos de Mano Menezes e diz: 'Tudo começou em 2008'

3.6 mil visualizações 35 comentários

Por Meu Timão

Mano Menezes era auxiliado por Carille em 2009

Mano Menezes era auxiliado por Carille em 2009

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A partida desta quarta-feira, entre Corinthians e Cruzeiro, na Arena, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o reencontro dos técnicos Fábio Carille e Mano Menezes. "Sou muito grato ao Mano, trabalhei com ele por três anos", sintetizou o treinador corinthiano, em entrevista coletiva concedida nesta terça, no CT Joaquim Grava.

Fábio Carille foi auxiliar-técnico no Corinthians de 2009 a 2016. Durante esses oito anos, foi braço direito de treinadores vitoriosos como Mano Menezes e Tite. Hoje, pela primeira vez na condição de comandante efetivado, o corinthiano reencontro aquele que o "iniciou" na profissão.

"Joguei contra ele e o Cruzeiro no ano passado na Copa do Brasil, ganhamos de 2 a 1 em casa. Amizade, aquele abraço antes do jogo, mas depois só no final do jogo para falar de novo (risos)", recordou Carille, se referindo à época na qual comandava o Corinthians interinamente antes de Oswaldo de Oliveira ser contratado.

Leia também: Corinthians reencontra Cruzeiro após quatro embates de 2016; só Carille foi capaz de vencer

Hoje líder do Campeonato Brasileiro e atual campeão paulista, Carille não perdeu a oportunidade de analisar os trunfos que Mano Menezes costuma ter em suas equipes. O Cruzeiro, atualmente, é o sexto colocado na competição de pontos corridos.

"Algumas vezes o Mano muda a equipe de acordo com o adversário, ele fez um jogo contra o Atlético-GO com mais armadores, mais jogadores de toque. Não sei o que ele vê do Corinthians para armar o time", argumentou, citando a vitória cruzeirense por 2 a 0 sobre os goianos, no último domingo.

Leia também: Corinthians finaliza preparação, e Carille indica escalação contra Cruzeiro

"Mano é um treinador que gosta da reorganização da linha defensiva, mas o que mais me chama atenção é como tem uma leitura tão rápida de jogo, com 5 minutos já muda o time para parar de sofrer e ter posse. Ele muda duas peças e fica com o controle do jogo", acrescentou.

Mas afinal, qual a principal característica, dentre as muitas de Mano Menezes, que Fábio Carille vem colocando mais em prática no Corinthians? Com a resposta, o próprio treinador alvinegro:

"Compactação. Mano trabalhava muito, trabalhei com ele para entender essa compactação defensiva, trabalhar com 30 ou 40 metros. Cada um com suas ideias. Tite trabalhando triangulações, inversões, jogadas pelo fundo. Mano espelhando no adversário, marcação encaixada. Tudo começou com o Mano em 2008", finalizou.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Duelo de estreia do Corinthians no Brasileirão será transmitido por apenas um canal

    Conheça a única opção para assistir ao duelo entre Corinthians e Atlético-MG na televisão

    ver detalhes
  • Corinthians não receberá a totalidade da premiação pelo vice do Paulistão

    Corinthians sofre bloqueio de premiação pelo vice do Paulista na Justiça por dívida antiga; entenda

    ver detalhes
  • Clube adotará medidas de prevenção ao Covid em dia de votação por cédulas

    De voto em cédula a posse em pleno Brasileirão: conheça detalhes das eleições no Corinthians

    ver detalhes
  • Jô comemora com Everaldo seu gol no duelo com o Palmeiras, pela final do Paulistão

    Corinthians visita Atlético-MG em estreia no Campeonato Brasileiro; saiba tudo

    ver detalhes
  • Gerente global da Coca-Cola sugere para o banco BMG respeitar cores e valores do Corinthians

    Diretor da Coca-Cola critica ações de patrocinador do Corinthians em rede social

    ver detalhes
  • Um supertrunfo com Jô e problemas de última hora na escalação do Corinthians - Papo com Vessoni

    VÍDEO: Um supertrunfo com Jô e problemas de última hora na escalação do Corinthians - Papo com Vessoni

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: