Fugindo de conselhos, Fagner analisa possível saída de jovens do Corinthians

Fugindo de conselhos, Fagner analisa possível saída de jovens do Corinthians

Por Meu Timão

Formado na base do Timão, Fagner comentou a situação de Guilherme Arana e Maycon

Formado na base do Timão, Fagner comentou a situação de Guilherme Arana e Maycon

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Mesmo revelado nas categorias de base do Corinthians, Fagner demorou para se firmar como profissional no clube. O lateral-direito deixou a equipe alvinegra em 2007 e seguiu para o PSV Eindhoven (HOL), aos 17 anos. Ainda que tenha deixado o elenco muito cedo, o jogador acredita que não tenha muito o que passar para os jovens Guilherme Arana e Maycon sobre uma possível saída rumo ao futebol europeu.

"Eu vejo situações diferentes. Apesar de ter sido formado aqui, eu joguei muito menos no profissional, fiz apenas 7 jogos e saí. O Arana já vem desde 2014 com os profissionais, jogou bastante em 2015 e 2016, esse ano se firmou como grande lateral", discursou, revelando admiração também pelo meio-campista”, explicou Fagner durante coletiva no CT Joaquim Grava, nesta sexta-feira.

Ressaltando a falta de necessidade de compartilhar sua trajetória com os companheiros de equipe, Fagner analisou a situação dos jovens. "Maycon fez o segundo semestre na Ponte (Preta), jogando sempre, esse ano já começou jogando, atuando. Arana também. Essa bagagem faz com que eles cheguem lá fora com uma outra experiência, outra visão do futebol. Eu não tinha essa bagagem quando eu fui, só tinha sete jogos no profissional", completou.

Leia também: Com quarteto titular e dúvida no ataque, Corinthians inicia preparação para jogo contra Botafogo

O lateral-esquerdo Guilherme Arana vem sendo assediado por clubes do futebol europeu desde o ano passado e chegou a ser dado como certo no Bayer Leverkusen, na última quinta-feira. Contudo, a situação foi negada pela diretoria do Timão. No caso do volante Maycon, que "estourou" no Corinthians em 2017, a possibilidade de assédio é novidade. Neste início de ano, a ideia do clube alvinegro é segurar seus principais nomes durante a janela de transferências.

Para Fagner, a decisão de permanecer ou não no Corinthians deve ser totalmente dos jovens jogadores. "Eles conhecem a história, mas, assim, o que eu digo hoje é que tanto o Maycon quanto o Arana tiveram mais participações no profissional do que eu. O que fez com que eu saísse foi uma outra situação, entra em outros méritos. Para eles é diferente", disse.

No topo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos, o Corinthians recebe o Botafogo neste domingo, na Arena em Itaquera. A partida será realizada a partir das 16h (de Brasília), válida pela 11ª rodada da competição nacional.

Veja mais em: Fagner, Maycon, Guilherme Arana e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    [Marco Bello] Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes